terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Realidade-crônica, Mariolas (e Tragédia...)


Foto: Print Screen do filme "Rota Comando"

Mais ou menos 23:50hs de um domingo. O calor ambiente já bastaria... 28° creio eu... mas dentro da viatura cinza parece duplicar a sensação térmica. Vidros abertos anulam pouco a tal sensação sufocante, infelizmente...

O caminho de hoje é um pouco diferente, uma vez que denuncias de moradores das cercanias, à cerca de traficantes, tem se intensificado no batalhão. Resolvemos apurar e não demorou muito para darmos de cara com uma 1ª ocorrência. E uma das mais marcantes em minha carreira.

Ele tinha apenas 14 anos. Iniciou-se cedo no tráfico o tal C.A.A. Não era viciado, nunca tinha usado drogas, mas resolveu entrar para essa vida devido ao lucro. Ao menos foi isso que ele nos alegou. Vender maconha ou cocaína dava muito mais lucro do que vender mariolas ou drops nos semáforos. Seus fornecedores eram ponta-firme e gostavam dele... Sempre se esforçou, e nunca desviou dinheiro,pois era muito honesto.

Perguntei a ele o motivo de ter entrado nessa vida... (tenho filho, e gostaria de entender o que se passa na cabeça desse jovem). A resposta foi concisa: Seu pai foi morto pela polícia num tiroteio contra ladrões de banco, em plena Av. Paulista. Era limpador de vidros na região e fazia bicos para sustentar a família; não tinha relação alguma com drogas... apenas ia passando e levou um balaço.

Com a mãe enferma, de uma trombose, mais 3 irmãos menores, ele teve friamente que assumir as rédeas da situação. Confessou que, por inúmeras vezes pensou em ser engraxate, ou vender os citados drops, ou coisa equivalente a sua condição de menor semi-analfabeto.

Mas certa feita, conheceu um rapaz, apelidado Vinagre, um pouco mais velho que ele... tinha 21 anos. E foi o tal Vinagre que o iniciou no tráfico. O lúdico da coisa, é que seu docente na vida marginal, era traficante e viciado, ao contrário dele. Morreu numa briga por estar devendo dinheiro aos “amigos solícitos” do tráfico.

Tinha muito bem definido na cabeça que, - o vendedor não pode ser consumidor da própria mercadoria - não nesse ramo. Acreditava piamente que estava safo... ganhava seu dinheiro e não pagava o caro preço da dependência.

Ficou preso por um bom tempo numa delegacia especializada para menores. Tornou-se mais um escravo do vício...
Guttwein, T.

73 Opiniões:

FabioZen disse...

Esse texto de vocês retrata com precisão essa triste situação das drogas e me lembrou um livro que ficou marcado na minha infância chamado Tonico e Carniça,embora pouco tenha a ver. Essa questão tem de ser tratada como epidemiológica,ainda mais com a apologia que vem da mídia em geral.

Andrew duke disse...

28º...que gelo...aqui 40º e tao normal...hauahua...

Janine disse...

Geralmente pra quem vê de fora é facil dizer: Está nas drogas porque quer!
Mas não é bem assim, ninguem quer acabar com sua própria vida
Quem vai por esse caminho é porque não enxerga outro

Inez disse...

O texto é muito bom, mas, tamém muito triste, retrta uma realidade que infelizmente é de muitos.

[Pulga] Anderson Ferreira disse...

Entra nas drogas é uma merda de escolha, disto a pessoa tem consciência pela primeira vez. Em seguida, é escrava do vício, não tem culpa.

Malditas influências. Enfim, texto bem escrito , muito bom, lembrando da realidade na qual vivemos. Aliás, pode parecer besteira e até render um post pelo tão polêmico Zina, mas...Força!

Assim que tiver um pouco a mais de tempo livre, retornarei para ler e comentar os outros posts.

Abraços,


http://moviment0.wordpress.com

1 Lênin 1 Blog! disse...

texto muito bom mas triste também...
concerteza não só com esse "menino" mas sim diaramente no Brasil e no mundo... infelizmente temos que conviver com isso...

abraço

Inez disse...

A prova de 2008 está nestes links

http://www.vunesp.com.br/concursos/ctsb0801/cad_questoes_diss.pdf

http://www.vunesp.com.br/concursos/ctsb0801/gab_17_10.pdf

http://www.vunesp.com.br/concursos/ctsb0801/cad_questoes.pdf

mais provas você encontra no site:
http://www.unesp.br
Vá em concursos encerrados clique no ano, procura por cetesb e clika em cima do nome, na página que abrir tem Prova e Gabaritos.

Inez disse...

Ah antes de ir em concursos entre em VUNESP

Tuliio Mustännen disse...

Infelizmente é so mais um retrato da vida periférica urbana de qualquer cidade do Brasil...
Mas não se preocupe, em 2.014 e 2.016 tudo isso mudará... pra pior

Rodrigo The Rock disse...

Vida de tráfico e crime é isso aí.
Já leu o livro "Elite da Tropa" e "Incursão ao Inferno"? Tem relatos desse estilo, é bem legal.

Conceição Duarte disse...

Muito triste essa realidade, poderia ser diferente o nosso mundo, deixou um beijo e um convite,
por favor entrem no

http://www.gazetadosblogueiros.com

GRIFOPLANANTE, está no meio da pagina, dê um clique apenas por lá e proveque é unido ao pessoal da net como nós somos! Obrigada, e conheça oblog desse grande fotógrafo português... obrigada CON

K∂riиє* disse...

Seria engracado se nao fosse tragico.
O pior e' que essa e' a historia da maioria dos traficantes, eles sempre comecam assim.
Escrevi no meu blog sobre o que tenm saido na midia internacional sobre o Brasil, da' raiva, mas fazer o que, se e' verdade?

:/

Gabriel Alex disse...

Infelismente essas pessoas dão de frente com essa opnião todos os dias, ai fica dificil de resistir. Eu não entendo muito bem porque as pessoas vão pra esse caminho, acho que sempre tem uma escolha, mas nessas condições que você descreveu fica muito dificil mesmo, acho que só estando na péle pra entender.
A ocasião faz o ladrão.

http://www.gaalex.blogspot.com

Carol Gressler disse...

De fato é bem isso que acontece em 80% dos casos de jovens no tráfico! é uma realidade triste, mas como o próprio nome diz, é realidade...Parabéns pelo blog.

Dezinhoboy disse...

E triste e é mais um caso da vida, vivia vendendo trocas mais "não era desonesto" se isso é possivel nesse caso, mais de se levar a sério, o jovem só vendia e dentro disso mantinha honestidade, bem caso complicado. Muito bom a postagem jóiaaaaaaaa

Nah.D disse...

Esta não é a realçidade de uma só pessoa mas sim de muitas crianças por ai que esao perdidas nesta vida.
As autoridades deviam tomar providencias serias quanto a isto.

palavras ao vento disse...

storia da vida real...isso acontece toda hora e em toda parte...e uma pena....ate...

Seu Zé disse...

Infelizmente no Brasil está cheio desses, ele é so mais um, quem dera se nosso país olhasse para estes brasileiros .

BLOGdoRUBINHO
www.blogdorubinho.com.br
www.twitter.com/rubenscorreia

Guilherme Bayara disse...

É triste ver crianças entrando nessa vida tão triste. A falta de estrutura e essa sociedade caótica na qual vivem as desviam.

João Gabriel Pontes disse...

Excelente texto!
Um dos melhores que vi rolando por blogs... Sucinto, direto, e bem interessante, apesar de abordar um tema um pouco batido. Mesmo assim, parabéns!

raquel disse...

Muito bom, levar um tapa da realidade é sempre bom pra acordar, ótimo texto

Diogo de Castro disse...

Pra vermos, às vezes a vida é tão CRUEL com as pessoas que elas se entregam a sorte de Deus, a criatura desacreditou na vida a partir do momento que o pai morreu injustamente.

www.100-categoria.blogspot.com

Érico disse...

Conforme combinado estou de volta pra fazer a postagem "pendente" e assim como as outras postagens, essa é mais um retrato fiel da realidade q nos cerca e q a droga é uma droga.

Adriana disse...

O problema é justamente esse...dinheiro rápido e ilusão de que tem a estratégia certa para vencer neste meio...
Porque vocês acham que não há por aí traficante com mais de 40 anos...
Acabam morrendo jovens, só chegam aos 30 ou 40 quando são presos antes....

Abraços.

Dancer disse...

mais um texto que me faz entrar de cabeça, e sair pensativo

preciso pensar mais sobre o assunto

vai lendo...

como ele se tornou mais um escravo?
do vício de traficar
ou do vício da droga

ciclos
e ciclos, para levar a pessoa pro fundo do poço

ninguém quer estar no fundo do poço
mas as vezes vc percebe que não está sozinho, que existe pessoas como você, cada pessoa com sua necessidade, sua maneira de pensar

e sabe de uma coisa

VC PENSA BRILHANTEMENTE BEM!

todas as pessoas poderia ter as mentes expandidas, ele por exemplo, poderia ter expandido a dele, mas é assim , é a vida, todos acabam na prisão! =\

independente de qual for a prisão =\

Naya Rangel disse...

Retrato fiel do que acontece na realidade! Complicada a situação, é fácil criticar quem está nessa vida, mas o que fazer quando parece só haver uma opção?

Abraços!

mulherices disse...

Relato conciso e direto, muito bom o texto.

Sobre o assunto em si, já está mais do que na hora de acabar com a hipocrisia politicamente correta. Tudo o que tem demanda, proibido ou não, será consumido - e alguém vai vender.

Há um erro histórico na questão das drogas, uma imensa estrutura se formou para reprimir, mas quase nada de efetivo foi feito para resolver o problema.

Esse tipo de situação acontece todo dia, em toda esquina, de toda cidade grande.

Nyvian Sara disse...

Irônico,né!! O cara vira viciado de pois q vai p/um centro de 'reabilitação'. Antes disso, é honesto.
Parabéns pela forma de escrever.

Murilo Filho disse...

Eu juro que nunca me importaria com essa realidade se, de alguma forma, ela não me atingisse. Afinal, não é nada justo eu pagar por uma coisa que efetivamente não faço!

http://yottapop.blogspot.com/

Pobre esponja disse...

Não sei se é realidade ou ficção, mas ainda que seja ficção é a realidade. Não vejo com tanta tristeza porque ninguém entra para o tráfico para sustentar a família: entram para ostentar jóias e poder...

abç
Pobre Esponja

Allison...French ! disse...

:D

Laylah Almeida disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Felipe "Miro" 'Dreads' disse...

Sugestão de leitura

Rota 66, A História da Polícia que Mata. de Caco Barcellos

Talvez um dos melhores livros que já li em minha vida



Beeejo

Visita ae qq hora:
http://catalepsiaprodutiva.blogspot.com/

Diego Janjão disse...

Ah, mas muita gente usa essa desculpa para entrar na criminalidade, não trará os entes de volta, e nem uma justificativa plausivel!

Anonima disse...

Poxa vida,
foi do ruim para o pior..

degaragem disse...

Cara, que texto foda :O
afudê, bem escrito.. bonito.


Bom cara, nao tenho muito mais o que falar além disso :/
tá bom demais pra criticar..

Flws

luiz scalercio disse...

cara bellissimo texto.
nao tem que comentar.

The Onna Girl disse...

O problema é a ilusão que as drogas levam as pessoas, tudo começa só com um muleque que vai levar uma carreirinha lá pra os "playboys", mas, quando esse muleque percebe é tarde demais ou ele está preso ou está a beira da morte. Acho que tudo isso também é falta de opção se esse muleque tivesse na escola provavelmente não estaria ali de bobeira, a ponto de aceitar dinheiro pra levar drogas, e outra também é falta de informação, provavelmente esse muleque não sabe o mal que tudo isso faz a ele. Infelizmente no Brasil há muitos desses muleques... =/

giovani disse...

Bem comovente a hustória.
Só Jesus mesmo para ajudar essas pessoas...
www.sementedarenovacao.com

Deane disse...

28º...que gelo...aqui 40º e tao normal...hauahua... [2]

Thiago Damião disse...

Muito bom esse relato social, infelizmente é o que acontece, o cara não tem ajuda do Estado, vive em condições precárias, acaba se entregando, é todo um complexo social que envolve o que está por trás, não que ele está com a razão em fazer isso, mas é falta de assistência, creio eu.
abraço

Paty disse...

c/ certeza a história de vida destes jovens é muito triste e entrar p/ o tráfico acaba sendo o caminho... mas concordo c/ o pessoal aí em cima, não é desculpa, a maioria das pessoas que vive nessas comunidades são pessoas trabalhadoras e honestas... acho que o que leva ao tráfico mesmo é a falta de vínculos afetivos p/ estes jovens.

Mikaella disse...

Apesar da historia triste...
é uma história tão redigida todo dia por apenas personagens diferentes mais com mesmo final..

essa é a realidade de nossa junventude.. sou enfermeira e trabalho no setor de trauma e atendo jovens todo dia de trauma a bala por brigas de traficos jovens inteligentes e chios de vida.. ai pergunto vale a pena fulano levar balas e arriscar a propria vida por drogas e els apenas me falam, - é a vida Dr, ela é assim estamos aki pra matar ou morrer e dessa vez matei quem sabe amanhã a senhora n precise mais me atender e perder seu tempo...
é triste mais n mais chocante para mim.

Mª Be disse...

O mundo das drogas é crítico. Com o passar dos anos as vítimas se tornam cada vez mais jovens e juntamente com uma pobreza crônica, se vêem obrigados a participar deste.
É triste e cruel pensar que crianças, adultos, jovens morrem por conta disso. É triste pensar que familias desmoronam por conta disso.
Mas penso eu que esse problema deveria ser cortado pela raiz. Começar pelas crianças desde muito pequenas e instruí-las a não participar disso. A pobreza pode ser um fator, mas não são só os pobres as vítimas das drogas. E isso é muito confuso e perturbador. Parece que o psicológico dos cidadãos anda muito perturbado.
É cruel demais pensar nisso.

BLOGUEIRO EXECUTIVO disse...

Texto bom, realidade péssima e vergonhosa, é o contraste!

Jeferson Assis disse...

Gutt, tu conseguiu traduzir com propriedade uma das inúmeras máculas que atingem nosso país: violência e droga.

Recentemente, foi divulgado uma pesquisa que aponta as cidades mais violentas para os jovens e fiquei triste com os dados que pude ver: minha cidade que amo muito, Belém, é a 4° mais violenta para os jovens.

Eu como morador da mangueirosa, não posso ficar de braços cruzados; por mais que eu não possa ter uma ação prática, tento aconselhar os amigos que tenho.

Abraços.

Stay (SIC)BR disse...

seu Blog ta aew faz quanto tempo velho?

gostei do blog!

dá um sak aew : www.staysicbr.blogspot.com

Vinicius Colares disse...

Gutt,
excelente crônica, além de ser algo que acontece frequentemente em várias cidades brasileiras

LK Chaves disse...

Gostei...
Bem escrito mesmo! Retrata a realidade, que é triste!
Gosto muito dos textos q vc escreve!

Abs

MILTOXI disse...

Olá amigos do MILTOXI! Sumiram de mim uai! hehehe

Bem, as drogas são um mal sem fim, fico pensando qdo tudo isso acabaria, mas nunca deixam acabar, movimenta tudo a maquina social, inclusive a judiciaria... e sempre fazendo mais escravos...

Ei, ja somos parceiros? Se nao, sinaliza la q trocaremos o banner! Abraçosss

Débora Francis disse...

Infelizmente é a nossa realidade... Jovens cada vez mais nesse envolvidos no mundo das drogas, e o mais triste é que o fim é sempre o mesmo... Cadeia ou cemitério. Muito triste.

Abraços

OozZeias disse...

Eh isso é a realidade de muitos... Parabéns ótimo texto...

http://blog.supersapo.net/

Lucas Cambraia disse...

Tenho vários amigos que aderiram a droga e hoje se encontram debaixo da terra. Drogas levam á morte, assim como o cigarro. É como assinar a própria morte!

Felipe Sali disse...

O mundo é louco jão...


... Muito louco

http://www.tudoqueeutilounao.blogspot.com/

JuANiTo disse...

Muito bom o post!
Gostei bastante!
Mostra o retrato da juventude sem opções e jogada as traças.
Abraço
http://emermo.com

Willians Rodrigues disse...

Muito interessante ver a opinião de quem está envolvido diretamente na situação, a televisão parece distorcer a verdade.

Avassaladoras Rio disse...

Queridos amigos avassaladores... Ao ler sua postagem , imediatamente lembrei de uma canção cantada pelo Chico Buarque:

Minha História

Composição: Lúcio Dalla / Paola Pallottino

Ele vinha sem muita conversa, sem muito explicar
Eu só sei que falava e cheirava e gostava de mar
Sei que tinha tatuagem no braço e dourado no dente
E minha mãe se entregou a esse homem perdidamente, laiá, laiá, laiá, laiá
Ele assim como veio partiu não se sabe prá onde
E deixou minha mãe com o olhar cada dia mais longe
Esperando, parada, pregada na pedra do porto
Com seu único velho vestido, cada dia mais curto, laiá, laiá, laiá, laiá
Quando enfim eu nasci, minha mãe embrulhou-me num manto
Me vestiu como se eu fosse assim uma espécie de santo
Mas por não se lembrar de acalantos, a pobre mulher
Me ninava cantando cantigas de cabaré, laiá, laiá, laiá, laiá
Minha mãe não tardou alertar toda a vizinhança
A mostrar que ali estava bem mais que uma simples criança
E não sei bem se por ironia ou se por amor
Resolveu me chamar com o nome do Nosso Senhor, laiá, laiá, laiá, laiá
Minha história e esse nome que ainda carrego comigo
Quando vou bar em bar, viro a mesa, berro, bebo e brigo
Os ladrões e as amantes, meus colegas de copo e de cruz
Me conhecem só pelo meu nome de menino Jesus, laiá, laiá
Os ladrões e as amantes, meus colegas de copo e de cruz
Me conhecem só pelo meu nome de menino Jesus, laiá, laiá, laiá, laiá

Sem mais palavras.

Arnek disse...

Acho que cada um faz o que quer, mas tem que pensar nas consequências

http://midiasocialbrasil.blogspot.com/

PanPum Flûor disse...

putz ta otimo,
mais uma nova historia do nosso dia-a-dia,
e muitos ainda fingi nao perceber essa realidade q nos tormenta ;/


parabens, ta otimo o texto
abraços o/

ALIMAC disse...

Concordo com Arnek. "Cada um faz o que quer, mas tem que pensar nas consequencias". Complemento apenas dizendo que desde que não interfira na vida do próximo, blz... mas no caso das drogas, acaba afetando mt gente. amigos, familia e pessoas próximas.

http://primataracional.blogspot.com
(novo! ex. teoria do playmobil)

Glen Pace disse...

Histórias como essa são mais comuns do que imaginamos, talvez não aqui, mas porventura acolá, e por isso muitas pessoas agem com certa surpresa ao saber de um fato como esse. Muito bem escrito, adorei (:

seuvicio disse...

Vai ter concurso pra PM aqui no Paraná. Mas eu nem vou fazer, estou com muitos outros estudos engatilhados, não dá tempo.

Inez disse...

Sabe que desde o dia que li essa história não me saiu da cabeça porque é tão real e tão perto da gente que não tem como esquecer.

Diego Janjão disse...

a foto me faz lembrar qdo eu trabalhava na policia!

era tão bom

J P F O X disse...

A cada dia que passa o tráfico é encarado mais como um negócio, do que como uma transgressão. Infelizmente!!!

Inté mais,

Nova Quahog disse...

O MUNDO TÁ ACABANDO!

kbritovb disse...

pensar quem infelizmente existem varias historias assim =/

JhOnnyMasteR disse...

hehe', boa Janjão,
mas realmente a foto me lembrou quando eu fui abordado pela policia,
creio que foi pela cor, porque tinha muita gente la, mas eu . . .
Que FFUU mané '

belo conteúdo véi '

Guilherme Lombardi disse...

muito bom o texto e muito triste a realidade do nosso país!

Avassaladoras Rio disse...

Queridos amigos avassaladores... infelizmente, acontece demais e já esta temerosamente naturalizado.

Neuro-Musical disse...

Infelizmente essa é a realidade da maioria dos jovens que moram em favelas no Brasil. Quando não se tem saída, apela-se para qualquer coisa =/

http://cerebro-musical.blogspot.com

Luiz Reis disse...

Muito interessante ver a opinião de quem está envolvido diretamente na situação, a televisão parece distorcer a verdade.

tiriricadejesus disse...

Já vi história parecida, mas a genialidade da escrita é única. Se você se baseou no filme está de parabéns, pois o que ouvi sobre o filme não me atraiu a assisti-lo, e em contrapartida gostei do seu texto e sou capaz de mudar de opnião.

Atualmente, eu estou lendo 'Abusado' e por isso lhe recomendo a leitura. Seguindo sua recomendação não direi que teu blog é massa [hehe], deixarei implicito. Porem terei que colar o link do meu aqui já que estou OFF

http://loucosporvirtude.blogspot.com/

Um ótimo ano, akele abraço e fik com Deus.