quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Visão Macro...

E que presente...

Ahhh, o natal está próximo! E todo aquele altruísmo e cordialidade também... a época onde até as rivalidades com os vizinhos ficam de lado, época de viagens que não cabem no orçamento e claro, época de presentear!

Mas afinal, por que oferecemos presentes? Talvez para criar uma satisfação sem igual no presenteado, para fazê-lo feliz ao extremo! (óbvio demais).

Talvez, vamos um pouco mais devagar...

Por exemplo, é bem possível que a troca que ocorre no natal seja como um gigantesco “potlatch”, uma maneira efusiva de literalmente torrarmos os recursos que acumulamos durante o ano ( dinheiro, bens e até tempo) , com o intuito único de manifestarmos nossa riqueza (pequena ou grande) aos outros, ao céu e até à nós mesmos.

Não generalizo, mas a minha maneira de ver, presenteamos nossos amigos, parentes e até inimigos por razões que,acreditem, pouco tem a ver com a intenção de fazer o outro verdadeiramente feliz. Existem os presentes pedagógicos e os paternalistas... ou seja, para aquele sobrinho que não é muito chegado a uma leitura, dá-se um vale-livros e para o maridão que mais se assemelha a um hipopótamo, uma camiseta tamanho “P”. Assim como há também, os presentes que só vem com um intuito: Intimidação. “Este aqui meu querido(a), você nunca poderá/conseguirá retribuir”.

Mas tem o reverso da medalha...

Por um acaso, qualquer presenteado saberia escolher seu próprio presente, caso lhe concedessem essa chance, por mais generoso e bem intencionado que seja seu presenteador? (Na sinceridade!!). Basta fazer um exame de consciência, e posterior, no seu armário ou estante, e olhar o tanto de trapos e quinquilharias que se encontram por lá! Isso só prova que nossas escolhas, muitas vezes são tão (ou mais) incertas do que as dos que tentam nos presentear.

Quer saber, hoje em dia, quando alguém que amo verdadeiramente me presenteia, não mais espero aquele objeto que cobiço a um bom tempo – óbvio, se vier, soltarei rojões! – mas, esse tipo de coisa, posso eu mesmo, ir lá e comprar, sozinho. De quem me ama, espero receber algo que, até então, e isso literalmente, eu não sabia que precisava até então.

O presente autêntico (verdadeiro) no fim das contas, é aquele que me revela meu próprio desejo.
Guttwein, T.

68 Opiniões:

Mª Be disse...

Minha visão sobre presentes é outra. Como qualquer adolescente inutil de 16 anos que não trabalha eu dependo de presentes pra ganhar o que quero. E se eu quero dar um presente a alguem tenho que pedir dinheiro, porque não sou autosuficiente. E cara, se as pessoas dão presentes, não importam os motivos, de uma maneira estranha ou não, elas se sentem bem assim :D

Camila Passatuto disse...

Muitas vezes todas essas contraternizações perdem seu real sentido. E estranho também falar que só agora que devemos nos unir e comemorar, por isso que parece superficial, se durante o ano a união, a amizade, o valor entre as pessoas fossem celebrados, no final do ano não teriam os problemas e neuras natalinas rsrs.

AtReViDo disse...

Quando fala em presentes de natal, só me lembro das trevas que ganho todo ano de amigo secreto. Ave ninguem merece. Bom post. Sucesso. Abç.

Jéssica L.A. disse...

concordo...é muito bomm qdo se ganha algo...totalmente inesperado...e q se revela perfeito...


wlv....
fui

me visita lah...

http://asminhastrilhassonoras.blogspot.com/

Euzer Lopes disse...

Coisas de capitalismo à parte, eu gosto de dar presentes. Mais até que receber.
Ele tem um simbolismo (e graças a Deus as pessoas que recebem presentes meus sabem disso) que vai além do valor dele, mas do que ele significa na vida dessa pessoa. Não se trata de uma necessidade, mas de algo que resolva alguma coisa. Um quadro na parede, um relógio.
Mas o importante é que sempre é algo marcante.

Humberto Camargo disse...

Presentear é bom e receber também. Principalmente quando é sincero.
Abraço.

João Gabriel Pontes disse...

Não sei... acho que presente é algo muito pessoal, particular. Só faz sentido para aquele que o dá e para o presenteado. Bom texto!

Dezinhoboy disse...

Acho que as pessoas presenteiam como forma de demonstrar algum sentimento, talvez por não conseguir fazer isso de outra maneira e outras pessoas esperam isso. Vai dar um abraço ou mostrar uma pessoa que a ama de outro jeito no dia do aniversário, pode até falar q não mais no fundo acho que ja se acostumou com o presente material

Débora Francis disse...

Eu vejo que, eu tento presentear seguindo meus sentimentos e tentando dar algo que realmente agrade. Não sou muito feliz ao receber presentes, quase nunca ganho algo que eu use mesmo, às vezes fica guardado lá no cantinho.
Mas, creio que o que vale mesmo é o gesto em si, que demonstra que a pessoa se importou e se lembrou de nós.
Ah... E quando ganhamos algo inesperado é melhor ainda, principalmente se for de quem amamos.
ótimo seu texto.
Beijo

Lolly Deluiz, disse...

Hmm, metallica. Nem curto eles. Tenta com os cambistas, eles sempre tem :D

Bom, a minha visão de presente é que eu compro um presente para dar para alguém mas algo que eu queira, então eu sempre fico com eles. Hahah Não, eu dou outra coisa.

ALIMAC disse...

Ganhar presentes é ótimo. mas melhor ainda, é presentear aquele que se ama.

http://primataracional.blogspot.com
(novo! ex. teoria do playmobil)

Daniel Silva disse...

Quem não gosta de ganhar presentes? Só por ser presenteado pela pessoas que a gente gosta é legal, mas se vier algo que a gente gostaria, melhor ainda. hehehe

Abraço

iMarty Turbo disse...

a melhor forma de distribuir presentes, é o amigo secreto, pq td mundo sai satisfeito e alem do mais, não da pra comprar presente pra todo mundo né

Cena disse...

eu não ganho presente de natal tem 3 anos..desde qnd começei a trabalhar.. =)

mas é sempre bom..minha mãe sempre da alguma coisa..

:)

Balaio Furado disse...

Nós sabemos o q queresmos qnts mais os outros. O presente é fruto de uma metralhadora giratoria. Vc n presenteia, é obrigado a tal ação. Natal sem presente? Iiiii, q vergonha. Antes o aumento da dívida na venda, ao vechame de natal em branco. Natal tem q ser no vermelho, né?

Belo blog.

Jel S. disse...

Para os que acreditam na existência de um deus e no nascimento de seu filho Jesus (o que não é o meu caso), o natal tem um simbolismo que representa a vida, o (re)começo... fora isso, a única simbologia que o natal tem é o do capitali$mo. todo esse consumo desmedido, essa gastança a troco de que?
sinceramente... odeio o natal =D

Jel S. disse...

ah, a propósito... gostei muito da foto do layout do blog (aquela lá de cima) e também dos textos. tô seguindo!

Nah.D disse...

Eu acho que o natal é uma epoca um pouco 'falsa'.Pois as pessoas que nos odeiam nos abraçam e pedem desculpas para depois tudo voltar a ser como era antes





http://nathydnudeart.blogspot.com/

gAng disse...

o que importa eh ser lembrado, o presente mesmo não eimporta, o q queremos nos mesmos podemos comprar

Diego Janjão disse...

As vezes nem gosto de receber, prefiro dar o presente, mas é ruim saber o que agrada a pessoa!

mulherices disse...

Presente é algo que a gente não pede, mas também não reclama: nem do tamanho, nem da cor, nem do modelo.

Presente é presente.

Não vale dizer a frase surrada: "Ah! Não precisava!"

Não importa se alguém PRECISAVA te presentear, mas sim que alguém QUIS te presentear! :)

Pobre esponja disse...

Natal é uma babaquice tremenda... mas pernil é bom!
Cavalo de Tróia: bela ilustração para o texto.

abç amigos
Pobre Esponja

Arnek disse...

Nata já perdeu o sentido faz tempo e passou a ser comercial mas sempre bom um presente de quem conhece a gente

http://midiasocialbrasil.blogspot.com

iMarty Turbo disse...

para mim, o natal hoje em dia está mt comércio... hj em dia parece que as pessoas acham q o natal é o dia de distribuir presentes, e não é bem isso o significado.
se as pessoas soubessem o verdadeiro significado do natal, não seria essa correria pra comprar presentes....

Nova Quahog disse...

INFLUENCIA DE QUEM DESEJA QUE COMPREMOS!

NATAL NUNCA FOI NATAL.

LISTENING MUSIKS disse...

Gosto muito de dah presente e de muito + de receber, porem tem uns presentes q, fala sério, parece q a pessoa naum te conhece e dah um presente q naum tem nd haver com vc... Entretanto eh bom ser lembrada e saber q alguem gosta d vc ^^

belo blog
abç

K∂riиє* Smith. disse...

Engracado, eu gosto mais de dar presentes do que de receber. Gasto horas pensando, sondando no que a pessoa gostaria de ganhar.
Aqui na Irlanda diferente do Brasil, as lojas entram literalmente em liquidacao no dia 26 de dezembro, quase tudo chega quase a 70% de desconto,entao espero ate' esse dia para gastar as economias guardadas para essa epoca do ano !!!
weeeeeeeeeee

so' nao podemos esquecer do aniversariante, ne'?

Luisa disse...

Ainda tenho a visão de que dar presentes é demonstrar carinho. Eu nunca dei nada a quem não gosto, mas aos meus queridos, sinto prazer em presentear.

é muito bom saber que alguém se lembrou de você!

Rehtse Arbacam disse...

Existem intenções por traz dos presentes, isso não se pode negar. Restanos saber se a intenção é boa ou ruim. E dependendo do caso, nunca saberemos.
Normalmente dou presentes porque sou egoista, me sinto feliz fazendo as pessoas que gosto felizes, talvez, além delas.

Os únicos presentes que acho absurdamente desnecessários são os de amigo oculto. Esses sim são supérfluos, no entanto muitas vezes intrigantes e acho que é isso que me faz participar raramente desse ritual.

Sem Mais

Glen Pace disse...

Bem interessante as citações. Em Amigos Ocultos que participei, sempre ganhei (seguindo sua classificação) presentes pedagógicos, terrível!, mais amigo da onça que meu :}

Inez disse...

Há muito tempo jpa não dou presentes de Natal e quase não recebo também. Na mina família ninguém se liga em me presentear porque já sabem a minha opinião, sempre deixei claro a eles.
O Natal perdeu o sentido real passando a ser uma data meramente comercial, isso não me agrada.

Camila disse...

hauhauahuahauha Que contraditório!

Primeiro você esculacha a troca de presentes de final de ano, faz eu me preparar toda para defender o natal e todo esse blábláblá de amor...

Depois faz a declaração mais linda sobre 'presentes' que eu já vi, li ou ouvi...

Agora, só posso dizer: Sem mais para o momento. Mas voltarei!

gAng disse...

eu ri dos presentes pedagógicos e paternalistas kkk

www.hysteria-project.blogspot.com

Caaah. disse...

Eu vjo o natal como uma época de muita falsidade..
as pessoas fingem sentimentos, e só se importam com o que vão ganhar, atualmente ngm leva o natal pelo real sentido, e sim pela troca de presentes.
enfim, amei o seu texto..
se expressou muito bem, terminar elogiando os presentes verdadeiros foi otimo! beijooooos ;*

Rogerio disse...

para muitos o natal e so uma data para receber presentes..mas nada,,,o data principal todos esquecemos...mas que bom ganhar e bom rsrsrs...

www.webcolunas.blogspot.com disse...

Belo ponto de vista, mas eu gosto de ganhar presentes, ok? ;D

torradastostadas disse...

eu não gosto muito de datas comerciais. prefiro dar presentes espontaneamente, é bem mais sincero. e qualquer forma de presentar é bem-vinda, nem sempre com coisas materiais :]

Mauro S disse...

Muito legal o blog de vocês, já o estou seguindo, abraços e bom final de semana, Mauro

zizicoqueiro disse...

gostei do seu blog, beijão

Georgiana disse...

Nunca tinha parado para pensar nos presentes dessa forma: aquele que me revela meus próprios desejos.Mas, inconscientemente, é o que eu venho tentando fazer sempre que presenteio alguém que gosto:) Prefiro presentes criativos a coisas indiferentes e muitas vezes caras :/
Adorei o texto e, sem dúvida, ficarei de olho no blog daqui pra frente :D

J P F O X disse...

Há algum tempo não compactuo com a ideia de distribuir presentes no Natal. Dou mais valor à um encontro com a família e os amigos. O mercado é que adora essa época. Quanto ao presente, concordo com você sobre o presente verdadeiro. Esse era o nosso maior desejo.
Inté...

Tiago Dadazio disse...

postei informaçoes da entrevistada!

Avassaladoras Rio disse...

Queridos amigos avassaladores...
Mesmo sabendo de uma serie enorme de contradições natalinas... adoro Natal e Ano novo! Coisa de criança mesmo! Desde de acordar cedo e tomar café da manha com rabanda gelada... até ir de porta em porta na noite de natal cumprimentando os vizinhos... Que seja, adoro o Natal.

Rodrigo The Rock disse...

Brother,

obrigado pelas visitas constantes no RODZ ONLINE. Embora vc seja muito mais visitado e com mais seguidores estou te linkando como parceiro. Se puder, retribuir...

http://rodzonline.blogspot.com/

abçs

Rodrigo

Monique Rosa Brasil disse...

Eu adoro presentear. Um desejo interno e enorme de agradar em todos os sentidos. É tanto que fico super constrangida a receber presentes.

Neuro-Musical disse...

Realmente, na época de natal, fazemos coisas que nunca imaginamos fazer, como presentear inimigos só para afrontar! Concordo plenamente com tudo que você citou em seu texto, mas e Jesus? Ninguém se lembra de seu nascimento =)

http://cerebro-musical.blogspot.com

Em busca de parceiros =)

ED CAVALCANTE disse...

Venho de uma família que não cultivava o hábito de dar presentes de natal. De forma inconciente acabei passando esse habito para a minha familia. Esse ano acho que vou mudar, darei presentes de natal as minhas filhas. kkkkkkk

Paty disse...

também gosto de dar e receber presentes, mas essa época de Natal é tão difícil, vira uma correria, uma obrigação, sem falar do gasto... mas enfim... tenho que ir comprar os meus...
ps: obrigada por comentar em meu blog, se vc gosta mesmo de misturas exóticas de doce e salgado, experimente fazer a receita que eu coloquei, não vai se arrepender!

Blogueira disse...

O verdadeiro sentido de ganhar presentes ninguém sabe ou se esquece.

Janaína disse...

Respondendo a primeira pergunta do post: Acho que muitas pessoas oferecem presentes pelo simples fato da sociedade ter "consagrado" aquela data. Muitas das vezes, nem sequer sabemos o significado, apenas "compramos" e "presenteamos" alguém.
Vejo que o que falta é o questionamento sobre as nossas atitudes, dita-se de passagem "mecânica".
Gostei do post.

Abraços poéticos,
Janaína de Souza.

kbritovb disse...

por isso so a favor de dar dinheiro
ae a pessoa compra o que quer se vier arrependimento depois azar da pessoa

Má Barros disse...

dependo total de presentes da minha mãe pra ter o que desejo :D.
hjahahahhahahha...

Evandro Carlos Camacho (Zelvis) disse...

Eu não me lembro da ultima vez que ganhei algo de Natal que não fosse por darem e não porque gostam de mim. Eu presenteio apenas quem eu realmente gosto e tenho que gostar muito. A esposa, a mãe, o pai, sobrinhos e grandes amigos, que são poucos.

Visitem:
AS LOUCAS IDÉIAS DE ZELVIS
www.eccamaccho.blogspot.com

Pexe disse...

Humildade não?
Modestia sim!
Onde há fogo, estão os que precisam de luz.
E também pessoas queimadas.

Presentes não servem para os refugiados de Ruanda.

"il y a des choses qui peuvent être seulement expliquées par les sentiments"

Existem coisas que somente podem ser explicadas pelos sentimentos.

http://moralina.wordpress.com

Girl Talk disse...

Realmente, presentear é muito importante porque mostra que a pessoa quis presentear!

Concordo que há presentes, como você citou "pedagógicos" "paternalistas" e com o intuito de "intimidação", mas acho que existem realmente os presentes que vem do fundo do coração, seja uma meia ou um carro (exagerei no exemplo)!

Vanessa disse...

Concordo que presentes muitas vezes sao totalmente cheios de intensoes, e muitas vezes nao agradam...mas eu jamais escolho um presente, prefiro acolher o presente... mas é porque tenho a sorte de nao receber bombas!!! Adorei a colocaçao do presente "pedagogico ou paternalista", gostei muito do blog tambem! Abraço!

Publicidade Esportiva disse...

Natal é uma data pro comercio ganhar dinheiro como o dia das mãe e dos pais, namorados, etrc...

se vc quer presentear alguem, pode ser qualquer dia.. n existe isso.. é alienação.. capitalismo puro...

abraçosssss

JhOnnyMasteR disse...

Ta, não sei o porque dos presentes, gosto de receber, mas ainda não sei o porque.
Simbolicamente o natal representa o nascimento de Jesus (Cristãos) e assim, teriamos de fazer uma forma de presentea-lo com "Orações e agradecimentos", sei la, da melhor forma que achar,' mas ainda não sei por que ganhamos presentes...

Hehe', malz ae, só queria desabafar,', ^^

Sou Cristão '

Mente Alternativa disse...

Sem hipocresia,Blog de vcs é foda mesmo,e refletindo sobre o tema do post,é bem a real mesmo (os varios lados de ponto de vista)
estamos interessados em parceria.
Nos visite:www.mentealternativasa.blogspot.com

Guilherme Lombardi disse...

essas datas comemorativas são ridiculas, pq não podemos presentear as pessoas de forma aleatória?!

updatizado disse...

acho chato a parte que as pessoas andam dando presentes para receber de volta...e o motivo da data é para se lembrar de Cristo mas a maioria não o faz

disse...

datas comemorativas são boas, mas não quer dizer que você só deva presentear uma pessoa em certa data, por que não nos dias comuns também?

SuperPotter disse...

Se não me engano comentei aqui 1 vez e achei muito curioso o assunto abordado.

Benhur disse...

Às vezes as pessoas realmente presenteiam coisas com o intuito de sacanear. Mas acho que na maioria das vezes seja pra trazer felicidade ao presenteado. Ps: talvez eu esteja sendo ingênuo =s

Seu Zé disse...

Não gosto dessa de sair dando presentes, as coisas estao bem comerciais, sempre recusei ir até em amigo secreto, os valores mudaram infelizmente.

BLOGdoRUBINHO
www.blogdorubinho.com.br
www.twitter.com/rubenscorreia

Canto do Lufa disse...

A surpresa é a total quebra de expectativa

Que é fantástico

Leonardo disse...

Nossa mais uma vez venho aqui dizer e me repetir muito bom todos os texto, parabéns
Leonardo Bento

ANDRÉ FERRER disse...

Olá, sou ANDRÉ FERRER e desejo informar que este post foi divulgado no meu blog. Tudo que tenho lido por aqui é dessa qualidade. Fica difícil escolher o que comentar. O texto mais recente também é ótimo, mas este, sobre presentes, é adequado para a época. Presente de grego, damos a nós mesmos com muita frequência. Convido-o a visitar www.osmaisbemescritosblogs.blogspot.com

e a conferir as inovações da comunidade "Os mais...". Conto com você no trabalho para aumentar a credibilidade daquele espaço no ORKUT. Abraços.