segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Quase um de Caravaggio...


Quando falava-se em matemática, sem sombra de dúvida seu nome era o primeiro a ser mencionado. Gênio. Aparentemente, seu cérebro era um mar infinito de numerais e fórmulas. Poderia ter muito mais dinheiro se quisesse... Mas suas pretensões não o inclinavam à isso. Gostava mesmo era do boxe e de algumas outras coisas... ser “gênio” era um título que ele não fazia questão alguma de mensurar.

O que ele queria e as pessoas pareciam não compreender, era ser um mix de pintor com escultor. Paralelamente aos números e ao boxe, pintava ao menos um quadro por dia.

Não obstante a internet, ia de porta em porta, galerias de arte, museus... oferecendo seus trabalhos à quem ele julgava que saberia reconhecer algo de valor. Anunciava até no jornal.

Mas ninguém parecia querer “aquilo”. Igualitariamente todos o consideravam um pintor absolutamente medíocre, sem nenhuma chance de progredir, de ter sucesso.

- “Você é um ótimo boxer, e como Homem dos Números então, nem se fala, mas... você nunca será um Caravaggio”.

As vezes permitir que amigos (mas apenas os bons amigos) sejam francos demais mostra-se perigoso... Ouve-se coisas que não se gosta.Opinião que ouviu, mas ignorou por completo. Considerava-se boníssimo no que fazia, exatamente como seu ídolo mor, Michelangelo Merisi (o Caravaggio), que aliás, era um brigão incorrigível, dono de uma personalidade fortíssima, assim como ele. Caravaggio, assim como grandes nomes, tinha enormes dificuldades em vender seus proventos, mas que, depois da morte,torna-se obrigatório nos mais famosos museus.

A seus olhos, a única diferença entre ele e grandes nomes da Arte resumia-se ao seguinte: Tais nomes tinham descoberto uma espécie de “fórmula” para fazer obras de arte. E o período que eles viveram propiciou isso. Já ele, ainda não conseguira. Mas isso aconteceria, e cedo de preferência; e então todos que renegaram seus trabalhos se curvariam diante dele. Era questão de tempo. E questão de sorte.

Alheio a qualquer maneirismo, mas sensível à interpretação poética e transfiguradora do mundo real, Michelangelo Merisi da Caravaggio foi um artista despojado numa época marcada pelo excesso ornamental barroco. Contra a corrente saudosista de seu tempo, plasmou uma arte arraigadamente humana, realista e original. Seu critério quase "funcional" de pintura, à moderna, teve o condão de enfurecer muitos donos da cultura e árbitros do gosto da época. A esses, Caravaggio sempre deu de ombros: pintava para todos os séculos, não para o seu.
Guttwein, T.

Além do que se vê...

Assine nosso Feed!

62 Opiniões:

João Victor Borges disse...

nossa, bem legal a narrativa.
afinal, tudo que se trabalha duro e sem receios para conseguir, acaba tendo sucesso no final.

http://anpulheta.blogspot.com

Cuchila blogspot disse...

legal,tem alguma pintura dele ae pra gent ver? coloca algum link pra gente conheçer.

Nanamada disse...

Arte?essa é a minha praia.
Caravaggio não exatamente descobriu a formula de fazer uma obra se arte pois essa formula nao existe.
Mas ele usava talvez o q ue de mais importante há numa imagem.A luz.È a luz de Caravaggio, é a luz que ele dominou que fez a grande diferença me seus trabalhos.
Gosta de artes visuais?venha me visitar.

Abigail disse...

Homônimo do grande Michelangelo, será que teria o mesmo talento de seu xará?

Deverias ter colocado obras dele.

Ah, parabéns pelo blog. (:

Gabriel T. disse...

Massa cara. vc escreve mto bem.

Ja escrevi algumas crônicas e narrativas, mas ultimamente, ando mais propenso a escrever poesias, visita lá se curtir:

www.buracosebecos.blogspot.com

Thalita disse...

michelangelo eh o cara..

AtReViDo disse...

Mara, Mara, Mara. Adoro suas narrações. E essa estava Mara.

Paty disse...

muito bom o seu post... também gosto de pintar, mas essa não é aa minha profi~ssão, é apenas um hobby, acho que nunca encontrarei um lugar ao sol. mesmo estudando bastante o assunto ainda não consigo entender exatamente o que faz um artista tornar-se um mestre. talvez seja por fazer algo inovador, e assim foi Caravaggio, seu jogo de luz e sombra foi inédito p/ a época. Adoro-o, quem sabe em breve faça um post sobre ele.

FabioZen disse...

Gostei do ritmo da narrativa,muito bom mesmo.A história interessante e cativante.Parabens!

Millena Blogueira disse...

Adorei a narrativa.Como sempre o blog de vocês está sempre surpreendendo...

Tiago Gomes disse...

Eu lí sua narrativa e gostei... Parabéns.
No momento estou sem tempo para ler os outros posts, Mas eu volto outra hora :)

Augusto Namitala disse...

Devemos fazer o que gostamos, de qualquer maneira buscamos a felicidade. E só isso que importa.

Gabriel Messias disse...

trabalho arduo e competencia sempre resultam em coisas boas e gostei da narrativa... abraço

Avassaladoras Rio disse...

Queridos amigos avassaladores...Vi há muitos anos atras, na infancia... um filme com Charlston Heston no papel de Michelangelo com Lord Harris no papel do papa... falava sobre o pintor e sua relação com as pessoas e sua obra na capela Cistina... Ele era um genia visionario sem limites de tempo.

Nova Quahog disse...

É UM CEREBRO EM CONSTANTE VERTIGEM!

AEHEAHEAHEA

Murilo(humor e contos) disse...

Faz tempo que não vejo um Blog tão bem elaborado,parabens!
bela narrativa...

* João Carlos * disse...

Bela narrativa...prendeu até o "não para o seu"

Lenivaldo Silva disse...

MUito bom o seu blog.
De primeira gostei do visu.Mas a postagem é muito boa.
Caravaggio é mais um dos que provam que não vale a pena desistir dos seus sonhos por nada e por ninguém.
Um abraço e se der dá uma pssadinha la no Blog do Lenivaldo e vê o que acha.

Alex disse...

muito boa narrativa cara, gostei, cativante.
Trabalho arduo e competência sempre resultam em coisas boas.Belo blog, voltarei outras vezes.

http://www.nossosromances.com.br/

Ká.Entre.Nós disse...

Seu blog é cultura, muita cultura !
Obrigada por compartilhar.

seuvicio disse...

Caravaggio era bão, sabia brigar de faca e tudo mais.

Fabio Bustamante disse...

Eu li rapidamente a história dele na Wikipédia. Deu pra perceber que Caravaggio foi um gênio realmente. Apesar do pouco tempo de vida, deixou obras que sempre serão admiradas. É muito bom saber dessas informações, e informação é o que não falta no seu blog.

www.botecodohumor.blogspot.com

Neuro-Musical disse...

Muito legal o post, gostei de verdade. Sempre temos que trabalhar para alcançar nossos objetivos. E seu blog ficou muito bom de cara nova!

http://cerebro-musical.blogspot.com

Ana Lucia Nicolau disse...

Oi, realmente muito boa postagem...cultura e informação passadasde forma inteligente e clara...adoro visitar esse blog...passo tempo sem vir aqui, mas, quando venho sempre encontro textos inteligentes...
abs

MB Galvão disse...

Interesante como vc abordou o tema, massa mesmo.
http://retadevista.blogspot.com
Entra lá, estou publicando crônicas tb,

Guilherme Lombardi disse...

muito bom o texto e a narrativa sobre como alcançamos nossos objetivos de trabalharmos para isso!

Geninho.. disse...

Intão o comentario tem que ser inteligente? Hmmm desculpe...
faço que eu posso..rs carava..oq?a tá barroco né?
Interessante...
Por isso talvez seria mais facil...

Viver o presente!

Emily Lauren Stevens disse...

gostei muuuito do texto, você escreve beem *-*
a crônica do pintor é booa, ele era bom em muita coisa, mas queria pintar! acho que era uma questão de compreender melhor os gostos do povo em seu tempo e pintar o que ele mais gostasse!

vai lá no meu depois, to atualizando sempre :)
http://plushmoon.blogspot.com/
beijos

Leandro disse...

caravagio e todos os artistas quase só sao reconhecidos depois de muito tempo né

abraços

-

Um pequeno mundo - (Novo site de tirinhas)
Job, Lob e sua turma espera sua visita!
site:www.umpequenomundo.com/
comunidade: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=97204198
Twitter: @umpequenomundo
abraços!

ALIMAC disse...

to voltando pra blogosfera dp de um tempinho de férias e já achei ótimos posts por aqui, como sempre.
Parabéns!

www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

MENINA LESBICA disse...

Nossa adorei o post, escrever perfeitamente bem .

bjuu

Matheus disse...

Os matemáticos são os karas!

Lucas bertollo disse...

cara bom blog.
http://www.pontodoslinks.blogspot.com/

Marcus disse...

Fico pensando, como uma só pessoa pode ser tão bom em tantas coisas, acredito que muitos de nós temos muitos dons ocultos. Espero encontrar o meu ainda! hauhauh

Rodz Online disse...

Conforme já mencionaram exaustivamente, muito bacana a narrativa.
Ficou faltando colocar uns exemplos da arte.
É interessante como podemos acumular uma série de aptidões artísticas, algumas que até ignoramos.

abçs

Rodz

Glen Pace disse...

Taí um dos artistas plásticos que mais admiro, Michelangelo (: Pra mim fez sentido ao dizer que o "Homem dos Números" nunca será um Caravaggio, poucos conseguem chegar perto da sua perfeição de traços.

João Áquila Lima dos Santos disse...

boa narrativa

SinaldoLuna" disse...

Depois de tantos comentários enaltecendo a belíssima narrativa, é quase inevitável ser prolixo =/

Simplesmente um gênio! \0/

Pra completar a prolixidade...
Faltou exemplos! Mas tudo bem :D

Sucesso!

http://sinaldoluna.blogspot.com/

Diih disse...

Bom confesso que nunca tinha ouvido falar de Michelangelo Merisi da Caravaggio lógico bom talvez eu seja sim disinformado ou talvez tem matado aula de historia e dormido muito nas de artes ...

da uma forcinha :O
http://www.beijomeliga.co.cc/

^-^¨cat disse...

nao acho legal depender da sorte, vale muito mais vencer atraves d merecimento e esforço

Arash Gitzcam disse...

eu tb gosto de pintar, pinto abstrato, se quiser conferir tem minha galeria no orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Album?uid=14119067993608058944&aid=1248709996 abraços

seuvicio disse...

Sorte pra galera então!

Igor Feijão disse...

Nossa, texto massa, agora vai no meu blog? rsrsrs (zoa)


Maneiro o texto msm!! blog show!! sucesso pra ele!! pintura eh a parada! =p

____

Estréia do novo quadro: Momento Bretânia!!
http://seriadobretania.wordpress.com/

JuhH Ѽ disse...

depois de muito tempo e vontade alguns são reconhecidos neh!

adorei a narrativa!

Rodolfo Soares disse...

Muito bem escrito... e curti a imagem :p

Abraços!

Leandro Sans. disse...

Como artista, meramente "ilustrador" ou melhor tentando ser um, assim como muitos (underground) em nosso século, Caravaggio sem sombra de dúvida foi uns dos melhores pintores não somente em sua época mais também até o nosso século, ele como outros artistas seja qual movimento for seja renascentista, modernista, maneirista, rococó,barroco, romantismo,gótico, expressionismo, impressionismo, surrealismo, impírico entre outros contribuíram para arte, mesmo que poucos reconheçam suas mensagens. Assim como ocorrem com muitos artistas contemporâneos, como eu,rs.

Inez disse...

Mais um belo texto.
Assim como Caravaggio ele sabia que o reconhecimento viria, depois de sua morte, mas, viria.

CINECLUBE01 disse...

Caravaggio = mestre. Sem duvida alguma.

Edu Chaves disse...

Você escreve tão bem que fico até impressionado. Quanto ao texto: "Ninguém compreende os gênios".
abs

Mattheus Rocha disse...

Tem gente que privilegia outras coisas, além do dinheiro. O pior é que vivemos em uma sociedade que trata quem age desta forma como maluco.

ALIMAC disse...

Nossa, o metrô aqui era ótimo antes dessa conexão. Vagões só iam lotados realmente nos horarios de pico.
Fora isso, pontualidade e boas condições sempre.

Se os de SP conseguem ser pior que os daqui agora, quem enfrenta isso todo dia são verdadeiros heróis!

www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

maands disse...

nossa, como seeempre perfeito o texto *-*

Fabiana Folly disse...

A opinião alheia pouco importa! Nossos instintos, nossa opinião é o que tem que prevalecer sempre!
Para te colocar para baixo vai aparecer 100, mas para te estender a mão talvez nunca ninguém estenda... E para aguentar isso tem que ter personalidade e perseverança.
Parabéns pelo texto, como sempre belíssimo!
Abraços!

Mandy disse...

Ótimo texto!!!
Arte, sempre é uma boa opção para ser comentada...
^^
BjO

m4luck0 disse...

Parabénss Tah Bemm Legal ;D

http://navegue-ganhando-dinheiro.blogspot.com/

Guilherme Lombardi disse...

um texto quase tão bom quanto as obras de caravaggio. Excelente a narrativa.

Marcus Alencar disse...

Acho que o mais importante nessa vida para conseguir o que queremos é ter certeza, em primeiro, do que se quer e até onde está diposto a chegar por isso. Depois, ter pensamento positivo e incorporá-lo para que assim esse emane uma energia positiva que atrairá mais e mais positividade. Há tantas histórias de pessoas como Lincoln, um dos mais histórias presidentes da história americana, que tiveram de tudo para desistir de seus sonhos mas que nunca se deixaram pertubar por completa pelas inúmeras derrotas.
Há muitas que são sinceras do tipo ``falo na lata`` mas que não pensam antes disso e comentem grandes besteiras, erros graves ao serem secas demais em sua expressão e por isso desviam a atenção do seu amigo a quem querem dar um simples toque, machucam mais do que ajudam. Fica mais gravada na memória a forma do que propriamente a mensagem em si.

abraçosssss, excelente história.

Aborrecente Informado disse...

Boa narrativa.
As pessoas tem q fazer o gostam de fazer, apesar de tudo aparentar que vc tah no ramo errado, persista que conseguira o q quer independente da opinião dos otros ;D

Rodolfo Soares disse...

kkkkkkkkk eu acho engraçado tuas narrativas... Gostei mesmo!!
Abraços

Rosa Araújo disse...

Nunca parei pra observar pinturas, desenhos, esse tipo de coisa. Sempre parei na música e na escrita.. Mas de uns tempos pra cá, eu comecei a me interessar por pintura. Minha mãe pinta quadros e santos e eu paro pra ajudar e acho isso mto reconfortante. Sempre quis ir numa exposição e ouvi falar mto que o michelangelo era foda e tals.. Tô querendo parar e dar uma olhada nas obras dele.
Bjus

J. C. David e disse...

ainda bem que vc disse QUASE... Caravaggio é incomparável, e por sinal, merecia bem mais crédito.

Jornal disse...

Eu realmente adoro o seu blog, acho que é o melhor que eu já vi!!!