quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

01/01/2010


A depressão bateu forte dessa vez, mas ao invés do óbvio, de ficar em casa, debaixo das cobertas, vendo TV e esperando tal momento passar... não, dessa vez não. Resolvi sair, beber e quem sabe, aprontar.

Acordei essa manhã e quando olho para o lado, quase morro do coração. Um homem nu deitado na minha cama. Como é mesmo o nome dele? Mas como eu me prestei a isso...

E agora? Tenho a obrigação de dizer bom dia, trazer-lhe um suco ou café talvez? Minha maior vontade agora seria que ele levantasse e dissesse com a maior cara lavada que precisava ir embora voando, porque tem um reunião super importante. Se bem que, isso equivaleria a uma rejeição, que seria uma outra tragédia.

Suponhamos que ele seja amável, ainda na sala elogiando a vista e a decoração do meu apartamento. Deus me livre. O fato de termos dormido juntos dá a ele o direito de se sentir intimo dessa forma?

Definitivamente, por mais situações que eu já tenha vivido nessa vida, meu juízo aparenta não ter se desenvolvido por completo. Que falta que me faz um cigarro nesse momento; daria a vida por um agorinha mesmo por falar nisso. Ora, mas larguei o vício... mas a troco do que mesmo?

Parece uma coisa. Sempre que estou mal e resolvo dar uma espairecida, acabo fazendo algo errado. Seja lá o que for. Mas quem na terra é perfeito? Quem não tem nenhuma lembrança de algo que possa se arrepender?

Queria saber quem foi que dividiu as coisas assim. Porque os homens podem tudo? Nós mulheres conseguimos muitas coisas e tal mas, nesse quesito, ficamos estagnadas. Me aponte que já ouviu um homem ser chamado de “vadio”. Mas uma mulher “vadia” já ouviu não é? É assim mesmo...

Mas sou meio positivista, prefiro estar tranqüila (na medida do possível). Sei que a culpa é dessa maléfica semana de festas de fim/começo de ano, que graças a deus, já passou. O negócio é me atentar com as assinaturas dos cheques, afinal, estamos em 2010, arrumar uma boa desculpa para dar um cano básico no personal trainer e só assumir a ginástica com afincoo na 2ª quinzena de Janeiro. Bola pra frente.

Mais do mesmo, foi só o que mudou.

Guttwein, T

60 Opiniões:

Ivani disse...

Que realista!
Realmente, nossa cultura ainda tende a beneficiar os homens nesse aspecto.
Enquanto a 2010..é nada mudou AINDA!

BJo

Davi Alves disse...

é de fato concordo com a amiga acima,belo texto e muito bom a narrativa...vou visitar mais vezes...

abraÇO

www.contemporaneoeindiscreto.blogspot.com

Fabricio bezerra da guia disse...

os primeiros dias de janeiro são os mais tediosos do ano

J P F O X disse...

Gutt,
Essa "nova" faceta do blog ficou ótima. Os contos são um melhor que os outros. Você e a Ariane que escrevem todos. Já li todos e cada um nos remete a coisas e fatos ocorridos conosco. Sucesso!!!
Um abraço...

contato disse...

Legal por aqui cara, não sou fã de contos, mas parabens pelo trabalho.

Abraços...

Pobre esponja disse...

Quem diz que o homem pode tudo? Faça o que quiser. Não existe lei moral que valha mais que a vontade própria.Ficará taxada? Fodam-se!

hehe
Tem que ser Leila Diniz

abç
Pobre Esponja

degaragem disse...

Tem gente que fala que não existe Lei Moral, mas claro que existe.. só é a própria pessoa que faz, a consciência e pá.

Enfim, o texto tá ótimo como sempre. E tu nem gosta de assumir personagens nos teus textos né? Daria pra fazer uma ótima narrativa em primeira pessoa, podes tentar escrever algo em capítulos.

Só uma ideia, abraços.

Millena Blogueira disse...

Excelente o conto, bem realista.
Imaginei a cena.

Neuro-Musical disse...

Nossa, essa mulher saiu mesmo para se divertir. Creio que isso só aconteça em filmes ou novelas, ou, em casos extremos, quando a pessoa está realmente louca!

http://cerebro-musical.blogspot.com

Siegrfried disse...

Já fiz isso que ela fez inúmeras vezes, mas como foi dito, para os homens é mais fácil dispensar alguém depois de uma noite de sexo.

Peterson Nemesis disse...

aah.. concordo que os primeiros dias do ano são maior tédio ..

Nova Quahog disse...

ISSO AE, OTIMISTO, MAS COM PÉS NO CHÃO!

Anny Maria disse...

Verdade , começo do ano é assim mesmo , mas depois o tempo vai passando e tudo vai ficando no seu devido lugar . ;)
ate mais .

Kwik disse...

O equilíbrio sexual virá com o tempo. Na nova geração já podemos ver homens que choram por exemplo.Isso também pode ser visto na música, hoje temos uma quantidade grande de mulheres compositoras em todos os estilos musicais.
Melhor acordar com um cara e não conseguir dispensá-lo, do que acordar sozinho. XD

Escritora X, disse...

Existem muitas mulheres assim por ai a fora, afinal não são só as mulheres que podem ser "descartaveis".

ZueiTuaFoto disse...

Gostei achei mto realista.

Abraço

Renata Bertolini e Eduardo Bertoni disse...

Devo confessar que este texto me prendeu a atenção. Vai ver é pq vc consegue retratar com muita desenvoltura uma cena do cotidiano, onde nós mulheres conseguimos nos identificar e até sentir a emoção q vc passa. Mto bom!

Leandro disse...

é interessante sim, volte sempre ao blog de tirinhas blz?
boa sorte com as suas cronicas.
abraços


Leandro - Um pequeno mundo.

seuvicio disse...

Meu único medo é acordar na cadeia. Tudo que não for crime, se me encherem o saco vão levar um bom foda-se na orêia.

FelippeOliver disse...

hAUSHAUSHAUSHAUH'
adoooro cronicas,muito mesmo.
então,ja me sinto aciduo por aqui.
e siim,o cigarro tambem me faz falta.
kkkkkkk'

Sucesso,muito sucesso!

Priscila disse...

mt bom , nossa ! tu escreve tão bem :)

voltarei para ler mais textos , pode ter certeza *-*

mais sucesso ainda com o blog , viu *-*

http://nomeecriativo.blogspot.com/

Karina Kate disse...

Querida olha eu aqui de novo... voltando para dar os meus pitacos no alem do que se ve.
Eu tirei ferias, fui pro fim do mundo, sem gente, sem festas, sem muvuca, internet e celular. acho que precisamos mudar sim, nós mesmo, o dia de hoje, quebrar a rotina e ter mais contato com a propria vida, e sair dessa sistematização.
Se tivesse no mesmo estado faria a mesma coisa (como fiz muitas vezes) sair na noitada e fazer merda, fazer o errado.
mas é assim que aprendemos a passar por tudo isso.
mil bjos e um ano cheio de realizações!

Marcus disse...

Deve ser dificil acordar com uma pessoa do lado e não lembrar quem é, até pra nois homens deve ser estranho.

jorgepaulo2003 disse...

Muito bom os textos, parabéns pela escolha dos textos!

Henrique disse...

Cara, muito bom mesmo! Como disseram lá no começo, é muito realista. Vocês escrevem muito mesmo, principalmente crônicas, o que eu acho meio "complicado". Mas, parabéns pelos textos!

Cuchila blogspot disse...

olha fazer "merda" faz parte da vida das pessoas,so nao podemos dfazer disso uma rotina neh?!
afinal " Fazendo merda que se aduba avida"

Zanzini disse...

Pena que a sociedade ainda ainda vê a liberdade sexual da mulher como vulgaridade..

ps. não gostei do comentário de dar cano em personal trainer...rsrs

Abraços

http://prof-zanzini.blogspot.com

Charlie B. disse...

Um realismo. O fim de ano, esse tempo de festas é sempre a oportunidade perfeita para 'acontecer', mas depois que o tempo passa é hora de voltar a pegar as rédeas, não é? Sim, dizer 'vadia' é a coisa mais pesada, confesso que tem vezes que dizer 'vadia' é tão bom, confesso também que faz uma certa cócega dizer. Não me condene, please. Òtimmo texto, ótimo mesmo.


Charlie B.

Pink Adm disse...

Concordo com a frase que diz
mais quem na terra e perfeito?

Na verdade não podemos ser perfeitos mais podemos tentar ser alguem melhor ou 99%

Retribui o comentário e a visitinha quando quizer..

sxgamex.blogspot.com

Lucas bertollo disse...

Cara muito bom o seu blog.
Parabéns.
http://pontodoslinks.blogspot.com/

Renata disse...

Verdade depressão é complicado, muito bom o seu texto de verdade. bjo

Srta Camargo disse...

Muitoo bom o texto!! E é verdade, os homens podem fazer tudo que nada acontece, já nós mulheres recebemos rótulos...

abraço! =D

Neo-Bauhaus disse...

Gostei muito, seu jeito de narrar flui facilmente e é bastante espontâneo. E amei a parte em que mostra a situação das mulheres com essa história de "vadia"
Parabéns!

disse...

"Sempre que estou mal e resolvo dar uma espairecida, acabo fazendo algo errado."
Isso é uma regra????
Afff...
Parece que todas as mulheres do mundo passam por depressao pré e pós festas de fim de ano.
Liguei para um amigo e dei mesmo!!!!!!!!!! e Daí????
Vadia eu???
Nao.... apenas apaziguadora de dores de ano novo!!!

rsrsrs

Bjs

Felipe Knight disse...

Acredito q naum deveria ser assim... libredade para as mulheres fazerem sexo casual já!!! divulgando...
felipknight.blogspot.com

Bandeira disse...

otimo texto
e o pior é que isso realmente acontece pessoas fazem coisas sem penssar
as vezes não tem sorte e acontecem coisas piorers

Érico disse...

Acho q alguém está mesmo depremido (a) ou chateada(o) com a vida pois mal o ano começou e ja estamos com esse tipo de pensamento. Com relaçào às mulheres, infelizmente a sociedade ainda é mt machista... mais eu to dando minha contribuição pra tentar mudar essa situação! por isso, aki em casa quem paga as contas qndo saímos é minha esposa. já q queremos direitos iguais vamos começar por aí hehe....brincadeirinha viu :)

Deni Maciel disse...

depressão mata =(

aah existe lan house no fim do mundo do noroeste do nordeste do sul do norte do sudoeste de yracy em pernambuco....então como o tempo é curto pq o dinheiro tbm é curto...venho essencialmente agradeceer a msg d fim d ano.
dizer que desejo felicidade
sucesso
amor e tdo mais d bom.
e que em 2010 continuemos nossas trocas de informações, sentimentos, diversões e afins.
um ótimo fds. e feliz dia da MEGALIQUIDAÇÃO e da cueca com bolso . . .pra melhor conforto do dinheiro e do usuário neh . . . .

Regy Angel disse...

Falou a verdade, ainda existe esse preconceito...
Até quando? eu não sei!

Parabéns pelo blog...e é verdade, ninguém é perfeito mesmo!

cineclube disse...

Po legal o texto, muito bom mesmo.
Depois dá uma olhada no meu sobre cinema.

http://cineclube01.blogspot.com/

Valeu, e parabéns pelo blog.

Antoniok2k disse...

Quando li ACORDEI COM UM CARA NU NA CAMA, fiquei passado ( graças a Deus fui aprovado no col )

E ai ele era legal? LOL

Oa, é segredo, também não gosto de quem finge que leu e comenta LEGAL e blá blá blá

mas... acessa lá? *-* http://blogdopedrera.blogspot.com/

Rogerio disse...

depois de uma noite de porre acordar e não se lembrar de quem esta ao nosso lado...muito bom o texto...a vida e assim errando e aprendendo eee

Malu e Eliana disse...

Muito boum o texto, ADOREI!

Peterson Nemesis disse...

muito bom o texto.
admiro seu trabalho
adorei.

Seu Zé disse...

O ser humano sempre faz muita coisa muitas delas nao gosta ou se arrepende, mas eu nunca me arrependi do que fiz, mesmo que sejam coisas que quimassem meu filme, rolou então nao tem jeito, acho seu texto bem interessante vemois as opiniões surgirem essa interação é ótima

BLOGdoRUBINHO
www.blogdorubinho.com.br
www.twitter.com/blogdorubinho

Inez disse...

Por mais que se fale que a sociedade ou as pessoas mudaram nós mulheres ainda levamos rótulos ao tentarmos fazer as mesmas coisas que os homens.
Quando não há alguém que fale alguma coisa nós mesmos nos sentimos culpadas.

ana disse...

Sempre existe aqueles "errinhos" de quem exagera no fim de ano(ou em qualquer época do ano),e por causa disso,tantas pessoas prometem a tal mudança.
Pena que alguns conceitos(ou melhor,preconceito),que parecem se enraizar na sociedade.
Eu espero,com o ano que chegou,que as mudanças cheguem e encontrem respostas as nossas necessidades.
Tielly

Rodolfo Soares disse...

É...
Acho que esse texto tem mto em comum com 90% do brasil hehehehe

Abraços

catherine disse...

Olá Guttwein, cheguei aqui através da comunidade do orkut e só li esse post. Gostei bastante, inicialmente não sabia se era um homem ou mulher falando, o que me deixou na espectativa. Mas eu queria o desfecho. Rolou uma história, uma problematização..mas e o fim? Me deixou curiosa, só por isso eu falo. Um beijo. e ps: o pior são as mulheres machistas e os homens feministas, mas que na verdade são machistas também.

www.catherinedejupiter.blogspot.com

SO.L. disse...

Ah, eu sou da seguinte opinião
Fez, está feito.

E não há porque se sentir culpada. Mulheres também tem libido.

Geninho.. disse...

Quanto odio no coração...rs...é puta texto... fala da repressão sexual judaica cristã....Q TÀ MUDANDO...e as coisas que forem acontecerem acontece.....Sempre...http://www.cotidianodesvaneio.blogspot.com/ ,,,,rs...Mas não deixa de ser profissionais.

Fabiana Folly disse...

Ainda existe sim essa barreira contra as mulheres! Mulher é galinha, o homem sempre o garanhão pegador.
Já quiz também que alguém sumisse da minha frente ou eu mesma sair correndo dali... Acontece quando o que rolou foi apenas sexo.
Abraços!

Gabriel Alex disse...

Gostei MUITO dessa crônica. Eu tenho um blog só pra esse gênero de escrita, e são coisas assim que eu quero postar lá.
Seu blog é muito criativo, parabéns!

Thalita Souza disse...

Ah ,só de pensar em fica em casa sem fazer nada dá uma agonia :$
O bom é sair,fazer caminhada ao ar livre o/

As vezes me arrependo de atos que cometi,mas o que passou passou né não ?;)
beijos

Millena Blogueira disse...

A depressão é o mal do século 21!

FabioZen disse...

A tal solidão a dois te faz altamente propenso a erros,tanto de julgamentos quanto a decisões rapidas e objetivas.Uma certa quantidade de alcool ajuda ou atrapalha ,dependendo do que você realmente quer naquele momento.Por vezes errar é bom...Gosto muito da textualidade de vcs(já sabem né?).Abrç.Fabio Zen

Nem disse...

Deve ser estranho pra caralho acordar com alguém que você não lembra, mas mais estranho ainda deve ser você imaginar como vai agir com a situação...

seuvicio disse...

Depressão é para os fracos.

Paty disse...

acho que por mais liberais que as mulheres estão hoje em dia, ainda muitas se sentem culpadas numa situação dessa e podem se arrepender. mas nada a ver, não é porquê transou c/ o cara que precisa ter alguma intimidade a mais. sexo é sexo, é só virar a página.

circulospsicodelicos disse...

Bola pra frente. Espero que você possa se lembrar dos prazeres da noite passada.