sábado, 22 de agosto de 2009

Majestoso Roberto Carlos?

*imagem retirada do Google.com

Esse ano, muito ouvi falar da data “50 anos de carreira” de Roberto Carlos... até culminar no mais recente show dele, no Rio de Janeiro (Estádio do Maracanã)


Desse show, lembro-me vagamente, passou na TV e tal mas, guardei algumas impressões do pouco que vi. Penso da seguinte forma: A nomenclatura “rei” só lhe cabe se for para representar o artista nacional que mais vendeu discos no mundo; e ponto.


Até onde bem sei, o Brasil é nitidamente um país onde a riqueza cultural não é valorizada. Sua obra nesse contexto tem qualidade, não nego. Mas questiono a real importância de Roberto Carlos no contexto “cantores” no Brasil.


Aliás, cantores? Calypso e Padre Marcelo Rossi são campeões de vendas no Brasil... ¬¬

País esse, por falar nisso, que mantém e agrega escritores medíocres (de medianos) na Academia Brasileira de Letras. De quem eu falo? Bom, não quero desviar o foco música/Roberto, então, isso fica em OFF por ora.


Em meados de 1965, R.C. apresentava na TV o programa Jovem Guarda, na TV Record, juntamente com os inseparáveis Erasmo C. e Wanderléia.

Nesse mesmo período (ou bem próximo dele), artistas como Tom Zé, Caetano Veloso e Gilberto Gil fundavam a Tropicália, e Chico Buarque cantava Apesar de você, Construção e Cálice.
A trupe de Roberto Carlos e ele, cantavam o que?
Calhambeque Bi-bi, É Proibido Fumar, Namoradinha de um Amigo Meu etc. Ou seja, músicas engraçadinhas. Porém, irrisórias.


Penso, que a música, antes de qualquer coisa, seja para passar uma mensagem. Não vejo outro sentido senão esse... tem de haver um significado mais declarado.

O Tropicalismo foi duramente criticado justamente por isso, um descomprometimento político incomparável! Ao menos essa é minha visão... Mas, a alegação deles, era que só sua estética já causava determinada revolta, e para eles isso bastava. Uma sociologia estética revolucionária... ¬¬ vai entender!


Então eu lhes digo; porque elevar um cantor mediano e de relevância questionável, quando comparado com inúmeros outros cantores que o Brasil possui a título de Rei ? Não é muito não?

Antes que alguém diga, já adianto que roqueiro Roberto Carlos também não foi, aliás, passou longe do Rock `n Roll... vide Mutantes!


Será que o segredo de tudo está no sotaque descaradamente carioca de R.C.? Quando sobe ao palco e, ao microfone, solta "Que prazerrr estarrr com vocêsss", ganha a plateia.

E fica a seguinte reflexão: Se Roberto Carlos não tivesse tanta exposição na TV Globo, ele seria considerado o Rei?

Guttwein, T.

88 Opiniões:

opatifundio disse...

"O Tropicalismo foi duramente criticado justamente por isso, um descomprometimento político incomparável! " Acho que vocês quiseram dizer a jovem guarda, não?

O tropicalismo foi o grande movimento de protesto político da ditatura e usavam a estética pois se usassem a palavra seriam presos e, quiçá, mortos. É verdade que eram uma elite privilegiada, que tinha amigos na mídia e intelectuais que pudiam encher a bola deles. Mas isso são outros quinhentos.

Em relação a Roberto Carlos, é preciso analisar a obra dele em toda a complexidade. Ele mesmo já fez música de protesto (como dois e dois, por exemplo), criticou a sociedade de massas (ilegal, imoral ou engorda), mas também fez das suas babas românticas e religiosas. Como músico, o vejo como uma grande voz e um grande compositor popular capaz de sintetizar nas pequenas frases algumas coisas que pairam na cabeça de muita gente. É uma virtude e não o vejo como mediano.

Obviamente que ele trata a música dele como um produto. Desde o início ele quis o sucesso e não a arte, mas isso não o livrou de fazer boas canções. Não dá pra analisar as coisas com idealismo. O tropicalismo, que era tão politizado, não durou muito tempo e dobrou as pernas ao sistema assim que teve a chance. Eles também precisavam ganhar uns caraminguás pra pagar o leite das crianças.

www.opatifundio.com

Um abraço

Irving Maynard disse...

O Brasil tem uma mania terrível de classifica como reis. Mas esquecens que essa monarquia deve ter continuidade e não parar em um só rei.

Gente do céu, Roberto é muito bom, mas... ai vem outro rei que sinceramente, Reginaldo Rossi, PQP que cultura esse expressa em seus show. Além, é claro de PELÉ (que não é cantor, mas é rei). Encanto isso os bobos da corte ficam fazendo-os rir com suas paixões e loucuras demasiadas!

Parabéns pelo post

Amgus M. Z. disse...

Sendo nomeado pela Globo ou não, acredito que o saudoso Roberto Carlos merece toda sua fama, devido ao seu imenso talento e carisma. Sem contar que o homem é um exemplo.

Enfim... Abraços

layne disse...

com certeza o titulo foi gerado devido a insistencia da globo em classifica-lo como rei. como acontece com outros artistas. se ele merece ou não, é uma questao bem complicada.

FabioZen disse...

Heresia,pecado,vcs não tem medo de serem punidos?De repente no meio da noite uma batida em vossas portas e quem está lá?O fantasma do Dr Roberto Marinho,esse mesmo o maior manipulador da opinião pública que este país já teve,aquele que derrubou o verdadeiro Lula,que cria ídolos populares como a mala do Faustão e seus asseclas que sempre vão lá,Ivete Sangalo,Zezé e Luciano,Huck e Angélica,Leonardo e tuno que mantenha a inteligência do povo hibernando até o dia em que se deem conta que sua rotina é regida pela Globo.Roberto Carlos realmente é um fenômeno popular,isso não temos como contestar,talvez até a exposição na Globo tenha ajudado,mas ele é um fenomeno de massa.

Lincoln disse...

Roberto Carlos? Credo...
Prefiro não comentar!

Versos Controversos - Alan Salgueiro disse...

Particularmente, não considero Roberto como um rei, nem tampouco uma unanimidade musical. É um cantor de altos e baixos que começa cantando bossa nova e cai no iê iê iê do rock em 63, com grande influência de Beatles quando se 'funda' a chamada jovem guarda. Verdade que grande parte das músicas daquela época eram versões de gringas, como por exemplo 'splish splash'...

Ainda que sem discurso, considero a fase mais legal da discografia dele, que com o tempo teve a fase sexual: 'os botões da blusa...'; a religiosa, e até a extremamente brega, fase do taxista, da gordinha, dos óculos, da mulher de 40, etc... O populacho guiou a carreira daí pra frente e o título de rei talvez tenha sido aplicadom por essa facilidade de aceitação e das mensagens fáceis e rasas que ele propunha.

No final o admiro com compositor, músicas dele foram regravadas por metade ds bandas de rock dos anos 80 e 90 de forma perfeita!

Hoje acho o Erasmo bem mais legal, visto que o Roberto se transfomou num cantor chatíssimo de especiais de fim de ano...

Os verdadeiros sábios sempre foram aqueles dos festivais, que tinham e até hoje tem o que dizer, seja em música, entrevista, livro ou discurso de mesa de bar.

Gab Juli disse...

Acho Relativo esse negócio de Rei, pois ninguém agrada a todos, ou seja, pra mim ele não é Rei de nada ! Abraços

ildinha Lins disse...

obrigada primeiramente por ter comentado no meu blog...amei sua opiniao....e adorei as materias do seuu blog tbmm...quero visitar bastantes blog , como vc viu, o meu esta soh no comeco aainda...quero aprender com blogueiros ha mais tempo tbm...

vc esta de parabenss

vamos virar parceiross?? te coloco la nos meus favoritos...

beijoss
da um toque lá caso queira.

Carina disse...

É claro que não seria considerado a TV Globo, pois ela e o monopolio da midia fazem dos artistas, taxados perante a sociedade com diversos contratos e interesses capítalistas no back-estage de cada show. infelizmente... mas o Brasil n~çao é pobre em cultura! quem sabe apreciar, procura e acha! não fica apenas a mercê do que e mídia taxa como "cultura".

Carina disse...

É dificil falar, ainda mais quando outro canal vem ganhando audiência nacional e com um monte de podres por trás..

Mone disse...

É uma questão de gosto, claro que a Globo vai intitulá-lo assim, afinal, todo ano ganha audiência com seu especial do cantor.

seuvicio disse...

É questão mercadológica, e só. Dão título a qualquer idiota sem talento se isso significar q o público vai ruminar atrás das merdas q ele produz.

"Não vejo outro sentido que se não esse" - Atente para o seu erro, ou QUE ou SENÂO.

Studio B Web - Blog disse...

Realmente, pensando bem, Rei e Globo, uma parceria um tanto misteriosa, mas nada que estejam em contratos e as músicas são sim, boas, a divulgação, a Globo pertence... ótimo blog, d+, veja o meu tema de hoje é as 10 + músicas anos 80 e 90 internacionais: www.studiobonline.blogspot.com

FábioE§¢orpïão disse...

Claro que a grande exposição de mídia faz com que esses "ícones" existam e se perpetuem.

Roberto Carlos é o "rei" do que ele faz, das canções românticas. Há pelo menos 2 décadas não produz nada de qualidade poética ou musical relevante. Nos anos 70, sim: canções imortais, belíssimas, algumas brilhantes.

Ah, sim: as canções do Chico que vc mencionou são todas bem posteriores à época da Jovem Guarda.

Gabriel Ribeiro disse...

Uma vez eu fui meio que linchado por falar isso, mas eu não aguento: Roberto Carlos foi o maior erro da televisão brasileira.

Não podemos negar que talvez ele tenha uma qualidade razoável como compositor. E a gente talvez não possa entender muito a paixonite que Roberto e Erasmo causaram nas nossas mães lá na época da Jovem Guarda, justamente porque a gente não viveu naquele tempo.

Mas também não vamos comparar o pobre coitado (que de pobre coitado não tem nada) com Calypso e Padre Marcelo Rossi. Roberto Carlos pode ser um saco (pro meu gosto pra lá de estranho), mas ele move multidões. Ele causa orgasmos pela televisão sem ficar pelado, lembra? Ele tem história com o público brasileiro. História que Calypso e PMR nunca terão.

Ah, eu não gosto de puxar muito saco, mas esse foi o melhor post que tu escreveu desde quando eu acompanho teu blog. Tive que ler duas vezes pra ver se conseguia encontrar um defeitinho haha.

AbraX!
Gabriel.

Sophie. disse...

gostei do que escreveu!A estética causava revolta?O.O se for assim,os emos são os maiores revolucionários da atualidade,não?
Eu concordo com vc...Enuanto o tropicalismo cantava músicas poéticas que se referiam a realidade do brasil, a jovem guarda cantava musiquinhas grudentas e engraçadinhas. Mas por isso mesmo ele é rei,não? Já que brasileiro adora pão e circo, é música de entretenimento...é o que mais faz sucesso. Pessoal não quer pensar nem refletir,quer se entreter e esquecer dos problemas...como se isso adiantasse.

vou te seguir,okk?Gostei muito do seu blog...escreves mt bem

*Teta de Nêga* disse...

Bem polemico este topico, hein? Eu gosto de RC, embora não seja da geração dos anos 60/70, mas concordo que as letras das musicas dele, nao passam sequer outra mensagem a nao ser de amor... Nenhuma delas foram compostas pra pensar, a nao ser na dor de corno...

Antonoly disse...

Roberto Carlos é o rei e ponto, mesmo que não tivesse a projeção toda que a Globo lhe dá, com certeza continuaria a ser o rei.

A.C Once Caldas - SM disse...

olha meu, ele pode se rei, o que quise, mas nao gosto das musica dele, sempre as mesmas, isso da sonos ;)

esdras b disse...

Concordo com tudo.
E a resposta a sua pergunta no final é não!!! a globo com sua mídia lavagem cerebral eleva qualquer um ao patamar de rei, rainha ou cisa q se valha.

seuvicio disse...

Conhece aquela história de q uma vez o Roberto carlos causou um puta engarrafamento pq chegou num ponto em que não podia avançar e se recusava a dar marcha a ré? Ele dizia q o "o rei não anda pra trás, o rei só anda pra frente".

Dizem q ele tem um distúrbio psicológico, transtorno obssessivo compulsivo ou coisa q o valha.

Marilia Antunes Ferreira disse...

"País esse, por falar nisso, que mantém e agrega escritores medíocres (de medianos) na Academia Brasileira de Letras."

Por favor, post sobre isso!
Adoraria ler...
Parabéns pelas idéias expressas no blog...
beijo

seuvicio disse...

Chu chu chu. É um trem!

Eduardo Meireles disse...

Majestoso?

detesto roberto carlos...

só de lembrar do especial de natal dá um tédio...

Daniel Moreno disse...

Eu prefiro outros cantores ao Roberto Carlos, como: Paulinho da Viola, Cartola, Noel Rosa e Adoniran Barbosa, mas discordo que Roberto Carlos seja mediano, pois ele tem músicas belíssimas, como aquela " Eu quero ser sua canção eu quero ser seu tom, esfregar na sua boca ser o seu batom..." e aquela, "Feche os olhos pra não ver passar o tempo..." minha mãe tem cd do Roberto Carlos e acho que é um grande cantor, apesar de não ser o meu predileto.

kikinhah disse...

Eu acredito que sim, que ele seria considerado o rei, sim.
Mesmo quando a TV não fala o nome dele os shows continuam e estãosempre lotados, isso ngm pode negar.
E se for para olhar por esse lado todos que foram "intitulados de rei" foi a globo que promoveu?
Foi a Globo que intitulou?
Acho um pouco de exagero usar esse argumento.
Levantam D+ a bola da globo.
BjOs^^

Leandro Ribeiro disse...

Sem sombra de dúvida o Rei foi proclamado pela Rede Globo para tal posto. Estou me sentindo estranho ao ve ro tamanho desses comentários. Preciso escrever tudo isso mesmo?

Espero que não fique com raiva, mas o que vale é o que importa.

Abraço.

Gaia disse...

O Globo sempre promovendo o que lhe convem é claro!, sei que o assunto em sim é o "rei" Roberto Carlos, onde minha opinião pessoal é a seguinte: Todos os musicos tem seu trabalho e claro seu reconhecimento, roberto carlos teve seu reconhecimento, mas essa postura de rei com toda certeza foi a globo quem a colocou, afinal vcs acham que a grana de todos aqueles ingressos de shows de natal, ano novo, de 50 anos de dia das mães e ETC! vão só pro bolso do velho?

Não de audiencia a quem apoia a ditadura militar! Abaixo a rede Globo!

Essa é minha opinião.

Vini e Carol disse...

Ae cara, beleza?
Bom, vim aqui avisar que agora meu blog tem um domínio próprio, então atualiza ai nos seus Parceiros.

É só mudar o endereço que tá no banner do meu blog (http://schraubles.blogspot.com/) para www.schraubles.com

Assim que mudar, me avise por comentário ou por mensagem no Orkut.

Beleza?

Abraço.

** Depois comento no post em si. **
** Não conseguir enviar pelo formulário pois lá existe um limite de 300 caracteres **

Vini e Carol disse...

Ah cara, achei estranho sua postagem, porque uma vez li um comentário que você fez em um blog (não me pergunte em qual blog foi, pois tem milhares de blogs e você sabe que é difícil de lembrar), e no comentário você dizia mais ou menos isso:
" Se chorei ou se sorri, o importante é que emoção eu vivi.. Esse cara é um gênio! "
Eu juro por tudo que é mais sagrado que eu vi e li isso, e foi de você.
Aí no seu post você põe em questão se o RC tem capacidade para ser o "rei" que é...estranho isso.

Mas falando da sua postagem, ele foi intitulado como rei quando nós (digo eu e você, jovens) nem "pensávamos" em existir cara. É complicado dizer se ele merece esse título ou não.
Porque há quem jure de pé juntos que antes o cara foi um fenômeno musical. Nós não podemos julgá-lo pois não vivemos nessa época! Você sabe que uma coisa é viver no dia de hoje e falar algo que aconteceu antigamente, e outra coisa é VIVER aquela época.

O meio musical sofreu e sofre mudanças drásticas todo dia, só pra você ter uma idéia: Hoje um grupo de rock, canta uma música melosa, faz milhões de fãs, e fica com essa tal música como a mais tocada em 80% das rádios nacionais. E tem vários exemplos disso, Nx Zero é um, Fresno, e etc.
Não sei se naquela época, onde tínhamos um pouco mais de cultura e onde a MPB estava sempre em alta, se esses "grupinhos" fariam esse sucesso que faz hoje.

Concordo que ele tem uma grande exposição da Rede Globo, mas posso te garantir que ele tem esse título de Rei por causa dele mesmo, e não apenas por essa "ajuda" clara que ganha da Globo.

Como eu disse, é fácil nós chegarmos e colocarmos em questão esse título do Roberto Carlos agora, onde a música é totalmente banalizada, teríamos que viver aquela época, onde ele estorou e conquistou milhões de fãs para podemos dar uma opinião concreta.

Vini e Carol disse...

Só pra complementar...

"Então eu lhes digo; porque elevar um cantor mediano e de relevância questionável, quando comparado com inúmeros outros cantores que o Brasil possui à título de Rei ? Não é muito não? "

Pô Tiago, pelo amor de Deus, não se pode por em questão a capacidade musical do cara! É só olhar as letras dele, ele não é um cantor mediano, e apenas para você ele tem uma relevância questionável.

Acho que super infeliz nessa sua postagem, não pelo tema, é um tema bom, mas sim por você expor tanto a sua opinião assim. TODOS nós sabemos que a capacidade do Roberto Carlos é INDISCUTÍVELMENTE inquestionável! Isso é fato cara!

Não se pode colocar um cantor do patamar dele como "um cantor mediano".

Que fique bem claro uma coisa, eu não curto as músicas dele, não tenho nada dele em minha casa, mas sou realista, e entendo que ele foi Rei sim, e ainda é, não com o mesmo glamour, mas é! Pois fez uma revolução musical na ÉPOCA DELE, e isso não podemos discutir.

Abraço.

Daniel Silva disse...

E aí, Gutt. Esse post toca numa questão bem controversa.

O cara foi (é) importante, quem mais vendeu disco no nosso país, mas eu também contesto essa popularidade desmedida dele.

Isso não será fabricado? Não tem um mito em cima da imagem do Robertão?

E olha que eu gosto muito de uns discos dele, principalmente na década de 70.

Abraço

Marcus Alencar disse...

É bem provável que sem a grande midia por tras o Rei não teria a sua coroa tão exaltada assim, talvez nem uma coroa tivesse. No entanto, acho que além de passar uma mensagem, a música pode ter outras funções além de, como arte, fazer refletir. Pode divertir, trazer boas energias e embalar momentos significativos da nossa vida. Por isso é tão importante a diversidade musical.

Adm. Marcelo Leite disse...

Olá amigo blogueiro. Venho aqui pedir uma forma de contato para contigo, o MSN. tu tens, claro! Estou montando contatos de blogs que gosto de acessar, e o seu é um deles! Se quizer então conversar, passe o seu msn. Abraços.

kikinhah disse...

Tem 2 selos pra vc no meu blog!!!
BjOs^^

Vivian Pereira disse...

Pra quem é brasileiro e tem um pouco mais de inteligência, percebe que a mídia é que deu um empurrãoooo (e bota empurrão nisso)na carreira de Roberto Carlos. Como vc disse, existe outros artistas que poderiam ser considerados Reis, porém nunca o Rei que eu gostaria que fosse seria o seu ou de outra pessoa, afinal essa titulariedade de REI é bem relativo... É muito difícil escolher uma pessoa e dar esse título, pois existe muitooosss de grande importância no país!!!

Mudando de assunto...Percebi que vc não gosta do sotaque carioca??? hehehe

Bjos e ótima semana

Camis disse...

Gostava do Roberto lá pelos anos 60, da época do Calhambeque,Splish Splash e Jovem Guarda...

www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

Diego Janjão disse...

Te indiquei na minha ultima postagem, passa lá pra ver...

Marcello disse...

Olá.

Gostei do seu texto, e concordo que se não fosse a satânica globo o RC seria mais um na multidão, ahh e eu não sou a favor da Record também...

Acho a Globo manipuladora ao extremo, tendenciosa e infelizmente racista.

Seus programas são cada vez piores,e graças à Deus eu tenho tv a cabo..

Boa semana e vou continuar a visitá-los.

Avassaladoras Rio disse...

Querido amigo avassalador...
Voce conhece a frase que diz: "O maior merito do diabo é convencer a todo mundo que ele não existe"
Pois bem... não querofalar dos dotes musicais do RC... mas ele não era tão descompromissado como voce e muitos imaginam... Não vem ao caso agora, mas note que todos sem excessão fazem reverencia a este ser humano. Caetano, Gil, Gal , o falecido Raul Seixas e Gonzaguinha... Todos reconhecidamente engajados, respeitam tanto o cantor quanto o homem RC... se ele é rei ou não... são outras tantas latinhas de skol geladinha na mesa do bar e um bom papo sem nexo.
Repare melhor em algumas das letras de RC do periodo de 66 até 70 e vai encontrar elementos de mensagens a todos.
bjs avssaladores pra ti

Amgus M. Z. disse...

Rapaz, já comentei aqui uns dias atrás... Marcando presença de novo!

Abraços!

---
http://zapazone.blogspot.com

Diego Janjão disse...

Ahhhhhhhh,, vc falou uma coisa que CONCORDO plenamente...

onde que Roberto Carlos é/foi/será rock???

logo alguns grupos de pagode falaram que tem um estilo meio rock 'n' roll

Renan Leal disse...

Outro dia, questionei a mesma coisa a minha Tia, e ela me disse que ele é rei porque ninguém cantou o amor como ele... Bem coisa de tia mesmo! Na verdade eu concordo com o reinado dele, afinal, apesar da exposição na Globo e tudo ele é um dos poucos artitas de sua geração que se mantem vivo (na rádio e na TV)! Se Roberto é rei e o Erasmo é o bobo da corte? Afinal, os maiores sucessos eles compuseram juntos!

kikinhah disse...

Imagina...
Seu blog merece, tanto que escolhi os que eu realmente gosto de visitar e comentar.

Sucesso!!!
BjOs

Cristina Tosta disse...

Bem, na minha opinião Roberto Carlos no início de sua carreira dependia da Rede Globo para se manter no topo, coisa e tal. Mas acho que já se consagrou com suas músicas (as da fase romântica e sensual são para mim as melhores) e hoje em dia não necessita mais dessa dependência da Rede Globo, mas quem sabe agora por gratidão, fidelidade e grana ainda se mantenha firme nessa exclusividade. Mas quanto as músicas de letrinhas tolas no início da Jovem Guarda, isso tb aconteceu com os Beatles e ainda assim eles continuam: "os reis do iê iê iê" e são referência. Com o tempo foram amadurecendo e o estilo musical também. Isso certamente refletiu no estilo musical de RC até porque se inspiravam muito no rock n' roll estrangeiro. Eu valorizo muito a carreira do rei (assim o considero), apesar de torcer o nariz para esse vínculo mantido com a Globo. Chico Buarque e Caetano também se renderam a TV de Roberto Marinho (quem se lembra de "Chico & Caetano"?) Eu era pequena, mas lembro. Então, todo mundo já cometeu o seu pecado... Infelizmente a Rede Globo com sua audiência etc seduz os artistas...

Cristina Tosta disse...

"Isso certamente refletiu no estilo musical de RC até porque se inspiravam muito no rock n' roll estrangeiro."

Retificando:

"Isso certamente refletiu no estilo musical de RC até porque se inspirou muito no rock n' roll estrangeiro."

Obrigada e desculpe pelo erro de concordância.

Daniel A. S. disse...

Bem, há momentos que queremos sim músicas que nos façam refletir sobre algo, que passe alguma mensagem, mas em outros queremos simplesmente músicas que nos distraiam, outras hopras queremos musicars roimantescas, fando simplesmente de amor.
Eu acho que ele merece sim o titulo que recebeu, pois as músicas dele tem qualidade sim, não gosto muito das voz dele, dele como interprete, mas como compositor não deixa a desejar não, vc em seu post só citou as musicas mais banais dele, mas ele tem váris composições com mais conteúdo e é um dos compositores mais gravaddos até hoje.

http://daniel.a.s.zip.net

Nova Quahog disse...

REI DE QUE?
O BRASIL PARA TODO FIM DE ANO PRA VER ESSE CARA..
NAO É SÓ COM ELE E EM QUALQUER OUTRO RAMO, ACHO DEMAIS IDOLATRAREM UMA PESSOA TANTO...TODO É IGUAL...RESPEITEM SUAS FAMÍLIAS E FAÇAM O MELHOR QUE PUDEREM DE SUAS VIDAS SENDO JUSTOS...O RESTO, F0DA-SE!

ACHO TOSCO ESSA VISÃO DE SE TER UM ÍDOLO...ENTÃO PRA MIM, ROBERTO CARLOS OU PAPA ESTÃO NO MESMO BARCO DE TODOS.

Lombardi* disse...

muito boa a cronica, esse titulo ser merecido é um tanto quanto questionavel, pois as melhores músicas dele foram composta pelo Erasmo Carlos além dele não cantar bem! Ele tá mais pra mister simpátia do que rei.

Mila carvalho disse...

Concordo que essa majestade dada a RC é meio injusta... Por que ele seria melhor do que outros cantores brasileiros?
enfim... o brasil é cheio de injustiças mesmo.

-------
http://rainbowpeb.blogspot.com/

Blog do disse...

Sem Erasmo Roberto não teria tido destaque, pois as grandes canções interpretadas por ele Erasmo praticamente escreveu só, Erasmo lançou um disco recentemente de Rock muito bem produzido, enquanto Roberto vive de músicas de 70-80-90.

Erasmo não para no tempo ele trabalha, compõe e gosta de coisas novas.

Erasmo sim deveria sre o Rei, ou pelo menos não fazer uma figuração no show de Roberto.

BLOGdoRUBINHO
www.blogdorubinho.cjb.net
www.twitter.com/blogdorubinho

PanPum Flûor disse...

olá, so passei pra avisar q indiquei o teu blog a dois selos la no meu da uma passadinha la e pega

Andy Lima disse...

Eu não gosto de ROberto Carlos, acho a voz dele super ruim, tenho de admitir que algumas das músicas deles que foram gravadas por outros artistas são as que salvam, e tenho de admitir que técnica musical ele tem e não desafina (mesmo com aquela voz pavorosa) mas também com tanto tempo de carreira alguma técnica ele deveria ter, Roberto Carlos nada mais é que produto Global!
O seu post está ótimo e muito bem escrito, parabens mesmo, achei alguém que pensa parecido comigo!

Lorena Alves disse...

Certamente não seria e eu não o considero rei. Em minha humilde opinião leiga costumo dizer que nesse caso 'prefiro súditos à reis' e consideraria Renato Russo um rei , mas minha avó gosta das [MESMAS] músicas que ele canta ! ¬¬'

War Inside My Head disse...

O titulo foi dado devido a insistencia da globo em classifica-lo como rei.

PanPum Flûor disse...

hahaha, eu acho que não :D
nao gosto dele, até q as musiquinhas do passado sao escutaveis :~
mas nao gosto, nao gosto mesmo.
prefiro mutantes ou chico, mas nao ele;
pra mim ele nunca foi rei nem nada .-.
e ele nem faz nada novo .-.
vive de passado .-.
pra mim, rei... seria um parecido com a rainha do pop, Madonna, sempre lançando mais sucessos, fazendo musica boa com as inovaçoes :D

Junior disse...

Tipo, querer determinar se ele é rei ou não por méritos próprios acho que chega a ser burrice.

Vc pode dizer que ele não é por méritos próprios, e alguem vai questionar quais os méritos que vc tem que te da a autoridade pra vc fazer isto. ¬¬

Ele pode ter tido sorte, ajuda da mídia, mas não se pode negar o talento, o dom, e a pessoa que ele é.

Existem tantos artistas ai que têm tanta mídia a disposição e não fazem o sucesso que ele faz...

Palavras Desequilibradas disse...

eu sempre confundo roberto carlos com fabio jr. não sei porque SKOPAKSKASA .

Make me Purr, Baby! disse...

HAHAHA! Pague pelos meus esmaltes que eu estou perdendo por tanto álcool todo dia e fica tudo de boa! Pinto as unhas no domingo e na terça ta tudo saindo. Indgno!

Máscaras não protegem o dia todo, apenas por 2 horas e álcool líquido também é fraco, ou seja, vou cheirar a hospital até o fim do ano e ainda posso pegar gripe.

Vai entender não é mesmo?! ;D

Ah! E o post ta bem escrito hein.
Ahazou!

Passar bem :*

Leandro Elias disse...

odoro seu blog!

Pseudojapa =P disse...

Muito interessante este seu tópico...
essa valorização ao meu ver está vinculada ao contexto da época, os artistas da tropicália eram "perigosos" no sentido de deixar o povo mais antenado...era mais fácil distrair o povo com calhambeque bibii...rs

Carla Cestille disse...

Concordo plenamente contigo, a exposição na mídia é que causa todo esse complexo de 'rei'. Me desculpe, os fans, mais tem muita gente melhor que ele, por aí.

ótimo conteúdo, estou seguindo seu blog.
abraços

Diego Janjão disse...

Caramba, fiquei pasmo com suas palavras tanto aqui quanto ao comentário em meu humilde blog...

Mas você tem toda a razão, aqueles que se deixam ser manipulados pela mídia terão suas vidas entregues ao incerto!

mediskina disse...

Eu também tenho a dúvida de que se a globo não estivesse por trás, ele teria a mesma fama.
RC não lança um cd de músicas inéditas à tempos,vive das músicas antigas que até são bonitas.rs


Mediskina-aqui a gente brinca mas ensina Medicina!

Tiago Dadazio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rafa disse...

morri de rir com essa foto aqui brou!

http://cemiteriodaspalavrasperdidas.blogspot.com/

Rafa disse...

eu de novo marcando presença!

Mr.Jones disse...

O Seu blog é show, Parabens amigo.

colocarei seu blog nos tops links do reino.
abraços

Renan Bergfeld disse...

é uma ótima questão a ser levantada, na minha opnião também se não fosse a rede globo ele nao seria o REI que é chamado por todos...e concordo que existem vaaarios musicos muito melhores e mais inteligentes musicalmente falando do que o "rei"

Pirú disse...

Nossa... minha vó q ama o RC... eu prefiro as letras do q ele cantando, pois elas realmente são bonitas, eu já assisti o programa da Jovem Guarda q ele fazia, olhando hoje em dia é mto engraçado huahuahua

Por Favor, Comenta no meu BLOG também, ok ???
http://escolhaopcional.blogspot.com/
Abraços !!!

Vini e Carol disse...

Boa Tarde casal!

Estou passando para informá-los que tem alguns selos para vocês em meu blog.
Assim que possível, peguem-os.

Abraços.

Felipe Oliveira Pereira disse...

vc diz das letras bobas da jovem guarda,mas os beatles tb cantavam ieieie,ou seja os beatles são ruins ????¬¬

Leo Pinheiro disse...

Algumas opiniões aqui expressas me interessaram tanto quanto o post.

Isto posto, como notadamente muito já foi falado sobre o assunto, dentro e fora do blog, só acrecento mais uma coisinha:

NÃO é mole ficar 50 anos no 'poder'!

seuvicio disse...

Tinha um muro pixado assim num colégio aqui perto de casa: Orgasmo Calmo.

Era uma referência ao Erasmo Carlos mas eu era criança pqna lá em Barbacena (seis anos) e não sabia dessas coisas, só ficava perguntando em gritos estridentes o q era orgasmo calmo.

Não sei pq mas eu sempre tive umas tiradas mto inapropriadas pros momentos, mas sempre de maneira inocente. No mesmo dia, uns minutos depois, o fucão véio empacou no meio da rua. E todo mundo falando q afogou e afogou, e num momento em que todo mundo fez silêncio eu falei, de modo bem audível: Afogou o ganso.

E o povo não continha a risada, e eu não entendia pq. O problema de ser precoce e estar sempre fora de sintonia...

Inez disse...

Vi em alguns comentários ue RC tem o título de Rei porque a Globo manipula e mídia e sei lá o que mais.
Veja RC completou 50 anos de carreira e a Globo tem 45 anos, ele recebeu o título de Rei da Jovem Guarda ou da Juventude muito antes da Globo, ainda na TV Record quando tinha seu programa nas tardes de domingo.
Ele marcou uma época sim e não há como contestar, no meio de tantas proibições pela censura RC com músicas simples, falando de amor, conseguiu atingir a todos os públicos, não só como cantor mas, também como compositor.
Em muitas de suas músicas havia o protesto pela ditadura, e por problemas sociais da época.
Junto com os grandes festivais o programa Jovem Guarda era o de maior audiência da TV Record. Quando foi convidado para defender uma música no Festival da Canção na itália RC estourou no mundo inteiro.
A Globo tem sim o poder de lançar artistas e determinar o sucesso, mas, o sucesso e título de Rei de RC não dependeu da Globo, aliás na época a audiência da Globo era menor que a da TV Câmara hoje.
Outr coisa a Jovem Guarda foi responsável pela mudança do comportamento na época, muita coisa que se tem hoje foi plantado naquela época.

Habib Sarquis disse...

Concordo em algumas coisas com vc. O R.C não merece tanto o titulo de rei. Mas tenho que aceitar que realmente ele marcou uma geração e algumas de suas músicas são boas pra cacete.

Blog: Cultura Dinâmica - www.culturadinamica.wordpress.com

Lee disse...

Esse título de Rei foi bem dado por Faustão onde todo mundo que aparece no programa dele são gloriosos! hehehe

Mas acho que Roberto Carlos é uma expressão musical de algo importante. Talvez não para mim nem para você, mas se pessoas se identificam quer dizer que ele tem êxito em suas mensagens. Mas isso naquela época da jovem guarda. Hj, se a Globo não estivesse nos lembrando que ele está vivo devido aos especiais anuais, não sei o que seria da carreira de RC.

Pobre esponja disse...

Até curto uns sons da Jovem Guarda; mas eles foram omissos e bundões, deixando com a galera da MPB o fardo de lutar pela liberdade. E Rei é o Pelé e o Dom Pedro, apesar der tratar-se de um ótimo compositor.

abç
Pobre Esponja

palavras ao vento disse...

antes eu ouvi alguma coisa da jovem guarda....ate que tem umas musicas boas....não sou fã do roberto carlos...mas ele mereçe nosso respeito..por tudo que ele fez na musica brasileira...

Camaleão disse...

puts, o pessoal da jovem guarda cara,
as músicas que fizeram o Brasil, músicas para serem consideradas como musicas mesmo, só da saudade desses tempos, que vão ser inesquecíveis por quem vivenciou.

Leonardo Fernandes Ayres Belens disse...

tens toda razão! roberto ñ é e nem nunk será rei de música, nenhuma. na minha humilde opinião.

Avassaladoras Rio disse...

Querido amigo avassalador...
Na minha adolescencia preferia a turma do Cae e Chico Buarque ... achava todo o resto cafona! mas agora, gosto de algumas cançoes do RC com outros interpretes... não sei qual o segredo dele. Mas deve ser "uma brasa, mora!"

luiz scalercio disse...

rei e rei resto e bobagem ta.
clique em comente no blog
www.analucianicolau.adv.br

witch-king disse...

não gosto muito dele não asuhasuhas

Bruno R.Ramos disse...

Ele está onde está porque merece e , é claro, gente grande o patrocina sempre... Vivas ao Rei!

Betinho Cerri disse...

ele, marco uma geração sim!
eu mesmo assumo que tem músicas dele que eu canto!
é REI sim!

Léo disse...

Nem li tudo pois não suporto o Roberto Carlos. Credo, nada contra o profissionalismo do cantor mas é que fiquei sabendo que ele já fez muita coisa IREESPONSAVEL pelo sucesso.