sábado, 17 de abril de 2010

Pedófilo. Na condição de padre...


Pensei muito antes de começar a escrever sobre isso, já que é um tema em que a mídia vem se esbaldando e que causa sempre muita polêmica. Fiquei pensando se valia mesmo à pena refletir sobre isso, já que procuro evitar os temas "batidos". Mas, cheguei à conclusão que precisava escrever, pois me causa tamanho repúdio que não consigo ouvir sobre isso e simplesmente fingir que não existe.

Sabemos que sempre ocorreu, mas nunca a mídia falou e denunciou tanto inúmeros casos de pedofilia. Esta em si já causa repugnância. Mas, nessas últimas semanas, muito se falou em pedofilia praticada por padres católicos. Fico ouvindo denúncias, imagens gravadas com câmeras escondidas, pronunciamentos que vem dos membros do Vaticano e penso: "caramba, é uma sujeirada sem tamanho!"

Sabemos que o mundo já não anda lá essas coisas... que pessoas sem caráter existem aos montes! Mas pensar em um padre que pratique esse tipo de ato, é pra se revoltar. Não quero aqui entrar numa discussão religiosa. Cada um com suas crenças e o respeito é sempre primordial. O que quero é alertar sobre como pessoas que, em tese, deveriam agir em nome do bem comum e maior, usam de um título (ou qualquer outra forma que queiram chamar) para se aproveitar sexualmente de crianças "às escondidas". Quer dizer, você tem aquela pessoa como líder religioso, símbolo de confiança, fé e bondade. Entrega seus filhos à Igreja, julgando estar colocando-os no melhor caminho, se orgulha por escolherem "servir a Deus" como coroinhas e o que obtém de retorno? Um padre que alicia seus filhos! Um padre não, pois isso não pode ser chamado de representante de coisa alguma. No máximo, representante de total canalhice e falta de caráter!

Ouvir relatos como: "ele me pediu um beijo na boca", "ele me chamou após a missa e passou a mão em mim" e muitos outros absurdos de crianças abusadas por esses calhordas, revolta até mesmo o mais religioso. Os únicos que se mantêm inertes são os "tops da Igreja Católica". O Papa e outros Bispos responsáveis vão levando as denúncias como se nada de mais estivesse ocorrendo. Transferem um padre denunciado aqui, outro acolá, e assim permanecem com seus "cargos" intactos, enganando milhares de pessoas.

E ainda ouvimos de advogados: "não é uma questão de pedofilia, mas sim de homossexualismo". Ah, faça-me o favor! O certo é que dentro de uma instituição religiosa católica não houvesse nem um, nem outro. Quando os padres optam por esse caminho, já sabem dos votos de castidade e ponto. Submetem-se a isso em prol da vida que escolheram. E o que temos que engolir é que o homossexualismo dentro da Igreja, vindo de um padre, ameniza a pedofilia praticada por ele? Sem comentários! A questão é que a Igreja Católica prega o celibato sacerdotal e todos os padres católicos já sabem disso e se dispõe a viver assim, sem atração por homens ou mulheres, quiçá por crianças!!!

E as famílias que passaram pelos abusos, como ficam? Como se forma a cabeça de uma criança que foi abusada sexualmente em qualquer circunstância? Mais pra frente, ela se lembrará que não pode confiar nem em um padre... como confiará em outra pessoa? Como irá lidar com questões amorosas? Como vai curar o trauma que viveu?

É simplesmente absurdo! Fico me perguntando, qual é a pena que merece esse tipo de gente? O que merece um "pedófilo na condição de padre"? É melhor não pensar, pois quando imagino um desses na minha frente, penso em voltarmos a aplicar o antigo Código de Hamurabi e sua famosa Lei de Talião... "pra bom entendedor, meia palavra basta"!

Ariane Aleixo
Além do que se vê...

Nossas postagens via FEED no seu email!



36 Opiniões:

Chris disse...

Imagine a situação, você vai na missa toda manha de domingo com seu filho, ai um dia fica sabendo que aquele homem que fica lá em cima falando que Deus é bom e tudo isso nem se quer pensou em Deus na hora de abusar de seu filho.

TATI disse...

Pra quem comete esse tipo de ato é monstro, seja pai, padre, tio, ou amigo da familia eu colocaria todos numa cela cheia de bandidos que sabem o que fazer com esse tipo de gente.

Fabiana Folly disse...

Eu acho que esse é um dos piores crimes que pode existir. Primeiro que trata-se de crianças e segundo que são pessoas de confiança que cometem esse tipo de crime. Sejam padres ou parentes são pessoas que nunca se tornarão normais. Uma cara que abusa de uma criança não pode ser considerado normal! Não tenho a mínima pena do que pode ser feito com uma pessoa dessas na cadeia, o que não pode acontecer e soltar um criminoso que certamente vai cometer o mesmo crime após estar em liberdade sejam padres ou quem quer que seja...

Mariana L. disse...

é minha cara, esse tipo de trauma não se cura. apenas ameniza-se com o tempo. "o tempo cura tudo"? mais ou menos, na verdade nos distancia de uma realidade um dia vivida.

Millena Blogueira disse...

O ato em si já é terrível seja cometido por qualquer tipo de pessoa e o que assusta é que sempre são pessoas que nem se suspeita.

Alexandre Terra disse...

é um assunto bem polemico, mas é grande o numero de padres acusados de pedofilia, e isso ja nao é de hoje, tem bastante tempo, enfim, existem pedofilos em todos os lugares, pessoas q nos mesmo conhecemos e nem imaginamos isso!

Naay disse...

Concordo com o "Chris" imagina que coisa seria? Ainda bem que eu não sou bem de frequentar igrejas ...

Hysteria Project disse...

pra mim isso é culpa do celibato. Nem todos são fortes o suficiente para ficarem sem sexo.

Carlinhos Horta disse...

REtribuindo sua visita ao "Escondidin" (http://bloggalemdoqueseve.blogspot.com/)...

Muito interessante sua abordagem desse tema tão repugnante. Pedofilia é sempre um absurdo - óbvio, ainda mais vindo de pessoas ligadas a DEus e tudo mais...Uma lástima.

Abraço.
Carlinhos Horta>

J P F O X disse...

Bato na tecla que o celibato é uma das causas para tudo isso. Acho que é querer lutar contra a natureza humana, fazer com que os padres não tenham vida afetiva. Agora, esse é um detalhe, que não invalida o outro, pois é um desvio de conduta forte aliciar e manter relações com crianças e adolescentes. Fico me perguntando por que os padres que sentem desejo não procuram logo uma mulher que tenha vontade e seja sigilosa. Isso não é certo, mas é menos errado.

degaragem disse...

Ariane, aí está um tema bem complicado de lidar e que tu falou de uma maneira perfeita.. ressaltou pontos primordiais como "padre pedófilo nao pode ser considerado líder de nada".

Habib Sarquis disse...

Pois é, não tenho pena de um cara desse tipo, imagine padre e Pastores. Que eram pra proteger em vez de criar uma coisa ruim. Parabéns pelo post.

Blog: Cultura Dinâmica - www.culturadinamica.wordpress.com

Jeh Pagliai disse...

Acho isso um absurdo.
Porém, acho que deveriam ser punidos como doentes, e não como padres, pois antes do poder sacerdotal, são homens ou melhor, pessoas DOENTES...

Beijinhos

---
www.jehjeh.com

iMarty Turbo disse...

padre pedofilo pra mim eh padre covarde q nao tem vergonha na cara de dar exemplo pras pessoas como padre

Natiele Carvalho disse...

aaaaaaaaah, falar de pedofilia é tenso realmente. principalmente com pedofilos ligado a igreja, já que hoje, não tanto quanto antes a igreja ainda tem um papel importante na sociedade, ter casos de padres pedofilos é um horror.
Fui na missa domingo e o padre pediu que não nos deixassemos influenciar por essas matérias que estão saindo na midia, mais ai eu me pergunto, como não?

Inez disse...

Na igreja qualquer que seja a religião há erros, porém, esse da pedofilia extrapolou tudo.
Acho que os padres devem ser punidos como qualquer outra pessoa que comete pedofilia.

Blog entretidoo disse...

Eu fico puto com esses caras vey'

Ta flmado/provado la, e eles negam'

Justiça divina seja feita de verdade sobre essse caras'

disse...

É lamentavel.
E sabemos que isso acontece desde que o mundo é mundo. Hoje as vitimas denunciam, essa é a grande diferença e ainda bem!!!
Pode reparar que as vitimas que denunciam hj sao na gande maioria maiores de idade. Acho que as pessoas, vitimas e suas familias, nao viam isso como um crime antigamente.
Que bom que por um lado a midia ajuda nesse sentido!!
É mesmo lamentavel!!!!

Beijos

Tunados & Loucos disse...

É realmete triste pessoas de confiança da comunidade, cometendo esses abusos...

Marcela disse...

Olá,

Bem los hermanos o tutorial do blog, gostei bastante da estética, está bem sugestivo.

Quanto ao texto, estava refletindo sobre isto no decorrer da semana, acabei lendo uma materia de Jabor, ele dizia o seguinte: "Só os anjos não têm sexo"

Me lamento ao viver numa era onde a pedofilia roça a batina do próprio papa!

se quiser e puder, vá ao blog de repente poderíamos trocar figuras:

http://memoriaspsicodelicas.blogspot.com

um abraço!

Alexandre disse...

De fato isso aborrece só de saber. Mas é uma questão complexa, envolve poder, religião. E ainda tem o celibato.

Pedofilia é até algo corriqueiro, infelizmente, porém o que mais choca é a inércia da Igreja Católica. Essa postura frouxa é inaceitável e vergonhosa. E criminosa.

Rogerio disse...

agora não adianta procurar os motivos da culpa.;..isso e horrivel...por isso a igreja catolica cada dia perde mais aptos...
mas agora formo uma pergunta..,os padres são acusados de pedofilia,e com isso a igreja catolica perde adptos, as igrejas evengelicas acusadas de roubo, agora onde vamos procurar a palavra de Deus,,,quem confiar,,,

Nicole disse...

Padres, juizes, advogados, pedreiros, médicos. Pra quem sofre o abuso, tanto faz o seus agressores seguem ou trabalham.
Que se punam os agressores, e que limpe a imagem que restar!

Gutt e Ariane disse...

Rogério.

Independente de sua religião ou credo... Penso que não seja necessário deslocar-se a algum "santuário" para realmente renovar sua fé... Falar com seu Deus.

Isso de louvar imagens ou santuários é apenas uma das coisas que considero controverso quando o assunto é religião.

Tenha sua fé inabalada no "algo maior", independente do "santuário" ou da "instituição" (catolica,crente,budista,hinduista,judaica, etc) que esteja a frente de tudo...

(Guttwein)

Mente disse...

Infelizmente por muito tempo se soube e nada foi feito hoje está aí na mídia, já estamos até enjoados de ver, por vezes perdemos o sono, mas e aí? o que será feito de verdade? Pegaram um pedófilo confesso que abusou de 6 crianças e o que fizera? Deixaram-no na rua?
É dificil ver isso e não dizer nada mesmo, mas, infelizmente a maioria de nós está de mãos atadas.

Muito boa a abordagem do tema, é importante que por mais que as vezes o tema pareça batido, fiquemos indignados diante dele, por que muitas já se tornaram normal e não deve ser assim.

Quando puder deixe seu comentário lá no Coerência Contraditória.

http://coerenciacontraditoria.blogspot.com/

Bjinhos

Paty disse...

Olá Gutt e Ariane, obrigada pelo comentario em meu blog. Infelizmente tem gente que pensa assim né, e se a população fica quieta o interesse do dinheiro é que prevalece. Não podia deixar de me manifestar pois é a cidade onde moro. Agradeço a iniciativa de vcs de enviarem aos seus contatos por email, muito obrigada.
Sobre o post, estes casos de pedofilia também me enojam. E o pior de tudo é saber que esta perversidade muitas vezes não é punida, como aquele caso de Goiania, onde o monstro foi solto e matou 6 pessoas. Pedofilia não tem solução, o que vc falou sobre o código de Hamurabi é coisa séria, na boa, seria a única solução para isso, este tipo de gente nunca vai se regenerar.

Gabriel Tubbs disse...

Hey! Voltei a blogar hehe.

Seguinte, eu também acho que é um assunto pra lá de batido. Mas não é por ser batido que se perde a necessidade de ser debatido.

Geralmente eu procuro pontos onde eu discordo de ti. Não vou negar que eu não sinta prazer em discordar, mas não é o único motivo que me levava a discordar de ti. Enfim, dessa vez não há o que discordar. Você deixou todos os pontos bem claros. E vamos falar em termos religiosos. Pedofilia é pecado. Segundo as igrejas cristãs, os pecados sexuais são considerados mais graves e podem acarretar na não-salvação na hora da morte. Ou seja, inferno pra eles! Padre que é padre sabe disso. Mas não perde a chance de passar a mão numa bunda indefesa. Agora, cadê a desculpa? Amor em excesso? Vão tudo se fuder! É falta de vergonha na cara, isso sim.

Querido, valeu por me receber de volta. O bom filho à casa torna hehe.

Grande abraço!
Gabriel.

Tétis Burlamaqui disse...

Se eles chegassem ao menos a serem julgados seria um começo. Já se eles fossem condenados e cumprissem pena num presídio comum, certamente eles conheceriam a Lei de Talião por lá...

Bruno disse...

Por mais polêmico que seja é sempre proveitoso falar sobre. Mas como disse no início, parece que não há nada de novo para se falar sobre o tema. A igreja deve tomar vergonha e a gente parar de acreditar nas estórias da carochinha...

www.costabbade.blogspot.com

Raul Eduardo disse...

Padres Cometendo Pedofilia Isso é uma Coisa Lamentavel .

http://interatividadebeta.blogspot.com/

C.Beê! disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
C.Beê! disse...

...
A quantos anos, séculos, existe pedofilia na igreja?
Idade média?Antes?desde que proibiram a relação com pessoas da idade?
É realmente revoltante, é repugnante.

mas... A quanto tempo as pessoas vem dizendo isso, vem julgando, vem criticando com todo o asco, e no entanto ai estao as noticias, todo o depravamento crescendo cada vez mais. Sempre exisitu.
talvez esteja algo errado nessa forma de ver as coisas.
qual é a raiz disso tudo? dos estrupos nas esquinas, das moléstias nas escolas, nas igrejas,dentro de casa, por quem for,padre, pai, professor, estranhos, onde for.
Repressão.
Sempre a repressão, em todos os lugares, em tantas ocasiões, repressão sexual, repressão comportamental, repressão, repressão.
Escrever sobre isso daria um livro, não da pra expressar bem num comentario.
O que eu vejo são pessoas entrando no clero por um ideal ( ou ilusão), pra fugir de uma realidade ou por qualquer outro motivo, achando que conseguem controlar as forças da natureza, achando que conseguem reprimir isso, sem efeitos colaterais, usando apenas a ''FÉ''. E não conseguem. Não vamos critivar as pessas, vamos criticar esse sistema repressivo.
É preciso entender que há energia no ser humano, ela precisa ser liberada, precisa circular. A sexualidade é um fato, faz parte disso, não é uma opção, não é algo que possa deixar de existir. Pode ser reprimida e deixar as pessoas horrorosas e reprimidas, energia estagnada.
Como uma coisa dessas pode terminar? apenas com oração no altar?
Toda panela de pressão precisa de um escape( passa a mão aqui, bejinho ali, senta no colinho"), se não explode.
Há panelas de pressão explodiando em todos os cantos do mundo, infelizmente.
Temos que parar de educar as pessoas para serem panelas de pressão... :/

Fabiano disse...

o post é perfeito. é abominável as desculpas estapafúrdias que a Igreja Católica tenta dar a sociedade para minimizar os efeitos que isso causa nessa Instituição Secular. a única coisa que me indigna é a postura dessa Igreja diante dos padres pedófilos. se fossem cidadãos "normais" seriam presos e condenados. a grande Igreja esconde ou transfere esse padres para outras regiões. infelizmente nosso sacerdotes se acham acima do bem e do mal.

http://blog-do-faibis.blogspot.com/

Luiz Reis disse...

Daí eu não sou contra o anél de barbante.Essa é a punição mais justa...
E rapida!

Dinho disse...

É trágico pensar que existem pessoas assim. Sou Católico e reconheço que existem esses absurdos, mas pensemos; padres são humanos, e como humanos estão sujeitos a tentações e impulsos. Não estou defendendo a pedofilia, ao contrario, abomino tal pratica. Mas na hora de analisar, deixemos a batina de lado e o julguemos apenas como um ser humano.

Flanubio Ribeiro disse...

Otimo post!

Acho que o termo padre está difamado de maneira injusta, não é classe "Padre" que comete esse ato, e sim a pessoa o ser que se diz "Padre"...

Divulgue o nome dela, não o da massa, isso tmb acontece com Hacker!

Obg! sucesso!

Visite tmb o meu Blog! Agradeço!