quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Lá e cá...


Anteriormente, a pressa não fazia parte do meu cotidiano. E por incrível que pareça, mesmo estagnado, pois é essa a impressão que passo, ando sempre com uma pressa danada. Uma ótima ilusão eu diria... Uma representação e tanto. Fato é que a chuva aqui nessa cidade não tem dado trégua, porém, nem por isso sou pego desprovido do bom e velho guarda chuva. Claro que contra esse sol imbatível que tem assolado São Paulo, prova-se muito bem vindo também. Meu fiel amigo durante toda essa jornada... Ele e minha inseparável maleta.

Quem passa por mim, costuma passar sempre correndo, e por isso, aparentemente também está apressado, mas porque, eu já não sei. Uma paisagem tão bonita como essa... pra que a pressa? Respire fundo, aproveite mais eu tento dizer... mas ninguém parece me ouvir... Também, depois da chegada do Ipod, quem dá atenção para um "alheio" ? Muitos aqui pedem para tirar uma foto ao meu lado, não sou esnobe nem nada, mas assumo que isso vez em nunca acaba me deixando com um certo ar de superstar, de famoso, entendem? Mas conversar que é bom... nada!

Acabo sabendo das coisas mesmo é na base da "orelhada". Não sou bisbilhoteiro, longe disso, mas se não for assim, acabo ficando desenformado sobre tudo que acontece por ai. Sou meio desprovido de mobilidade, mesmo aparentando o contrário, sabe...

Por exemplo, soube que meu grandessíssimo amigo Drummond de Andrade, foi assaltado por mais uma vez lá no Rio de Janeiro! O terrinha sem dono! Sequer um ícone como Drummond escapa da ação dos meliantes? Roubar óculos? O fim da picada, definitivamente...

Mas São Paulo não fica atrás no quesito marginalidade. Durante a noite, e por mais de uma vez, minha maleta TAMBÉM já foi roubada. Não é à toa que na foto, procuro não deixá-la tão em evidência...vai que tem algum larápio de olho...

Acho que é assim mesmo, vândalo parece não fazer muita distinção. A oportunidade acaba fazendo o ladrão... não é esse o ditado? Continuarei aqui, no Parque do Povo, a representar o Homem Paulista... sempre correndo, sempre atarefado, independente das condições climáticas do Estado... que cá entre nós, estão cada vez piores...

Guttwein, T.

Além do que se vê...

Nossas postagens via FEED no seu email!

48 Opiniões:

Melisseira (♥) disse...

É verdade eu também sempre ando com meu guarda chuva na bolsa , nunca se sabe né ?! E como meu pai sempre diz quando saio para algum lugar .. Cuidado com os Ladroes !

DANIEL BP disse...

Muito interessante o seu blog.
Parabéns!

Grasiele Rocha disse...

Muito bom. Gostei. Porque é exatamente que as pessoas andam, COM PRESSA, as vezes tem tantas coisas boas ao nosso redor e a maldita pressa nos impede de ver. Na minha opnião não tem que ter pressa, pois como já diz o ditado, a Pressa é a inimiga da perfeição.

Gostei do texto, no começo pensei que fosse alguém real. rsrs

Passa no meu? Acho que vai gostar...
http://caminhandoaovento.blogspot.com/

Abraços.

Byers disse...

São paulo está sendo castigada mesmo pelas chuvas, mas sorte que o seu guarda chuva seja bom! Pq participou de muitas estorias pelo visto, o meu uma vez que existiu, não passou de uma frase, nem chega a ser uma oração, rs.

;D o texto seguiu bem! fácil de ler.continue nesse tipo de narrativa.

abs!

Humberto Camargo disse...

Ótimo texto, pareceu um breve relato do meu cotidiano.
Salvo pelo meu mau hábito de andar sem guardachuvas.
Abraço.

Ana Carolina Lima Da Rosa disse...

Andamos muitas vezes com pressa e acabamos não observando as vezes aquele caminho que passamos diariamente correndo, o quando é belo.
e não admiramos :*
a pressa sempre em nossa vida.

DANIEL BP disse...

Desculpa pelo comentário anterior.
É que eu sou daquees caras que não sacam as mensagens nesses textos como o seu. é preciso que alguém me diga o que você quis dizer.

A explicação tá dada.

Sucesso pra ti também

Karina Kate disse...

Incrivel esse relato da estátua!
É uma pena que os vandalos não respeitam essas imagens... mas fazer o que? matar eles? haha
*bjinhos

Alexandre Terra disse...

pois é infelizmente o nosso cotidiano esta cada vez pior......sempre assim mesmo, piorando cada dia q passa, triste!

Pobre esponja disse...

São paulo é uma correria louca. A gente se acostuma, mas temois de saber a hora de dar uma parada, e refletir. Legal saber que são da minha cidade.

abç
Pobre Esponja

KGeo disse...

com a violência fica um pouco dificil ver a beleza do mundo

Jonas disse...

São Paulo terra de aranha ceu..é terra da garoa,um lugar magico e doente ao mesm otempo aqui tudo acontece,nosssa meu cotidiano é exatmente este,vago e corrido

meu adorei este texto depois passa no meu blog vamos publicar ele la?

http://contemporaneoeindiscreto.blogspot.com/
te espero lá no meu hein curti muito seu blog ja ta no meu favoritos

baobah disse...

Como boa paulista devo dizer que esse texto está cheio de razão: a pressa nunca passa. Só senti falta de uma citação sobre o transito WONDERFUL da cidade que leva tipo uma hora para andar menos de uma rua, hiper show.

adorei o blog, estarei seguindo!
e obrigada pela visita, comentário etc. Sintam-se livres praa voltar lá hahaha
beijos

Arlindo disse...

Guarda chuva aqui ta com cara de guarda sol porque ta um sol do cão no nordeste XD

sonhos retalhados disse...

Adorei o texto! E sobre a pressa.. Poxa, a pressa! O mais estranho eh que a pressa provem da esperanca de uma vida mais comoda, as vezes ateh mais tranquila. Paradoxal. A vida eh mesmo paradoxal.
Gostei do blog. =)
Beijos!

Julio Cesar Lourenço disse...

Cara nao para de chover nesta cidade!

Pedro disse...

Hoje em dia todos vivem com pressa, não temos tempo pra nada!!

=)

Hítalo Souza disse...

gostei do blog
me identifiquei com o texto
porque esse ano minha vida vai ser bastante apressada
vai mudar muita coisa nao sei se fico alegre ou triste, é.

http://mentenaologica.blogspot.com/

Tatiane Rosa disse...

Eu sou carioca,mas já morei em SP,seu texto me deu saudades de SP,realmente é a mesma visão que eu tenho deste lugar,qto a marginalidade ela está presente em qualquer lugar.
http://euseiquepossovencer.blogspot.com/

Jonathan disse...

A questão é, o ser humano é cego, olha mas não vê!

passa no meu blog: http://librianodoamor.blogspot.com/

Asaia Semeia disse...

Quer dizer então que o Drummond de Andrade é teu grandessíssimo amigo? Ou foi? Conheceu ele pessoalmente mesmo? Olha, posso te apresentar meu grandessíssimo amigo, o melhor que podemos ter... Já sabe de quem estou falando, né? Jesus Cristo. Ele sim, É vivo, nos ouve sempre e inspira e abre nosso entendimento. Mesmo que esteja falando quiçá por "metáfora". seria ele, mesmo sendo um poeta, apenas pelo fato de o ser, um grandíssimo amigo? Bem, desculpe pela colocação, mas me cabe dizer o que não cala, sabendo que verdadeiramente falamos do que nosso coração está cheio.
Um abraço.

Guilherme Lombardi disse...

vivemos no mundo maluco cheio de violência e pressa.

Camila. disse...

eeé, quando estou em época de aula tb vivo correndo, mas estou aproveitando esse meu tempo de férias pra ter mais calma e prestar atenção em tudo e em tds que é muito bom né!?
adorei o texto viu!?
até a proxima!
Beijãooo ;*

Marcus disse...

Roubaram até a mala da estatua? Meu deus que mundo estamos! O povo não tem respeito nem pela cultura dele!

lucy disse...

o meu vive na bolsa, pq nao da pra ficar na rua e ser pega de surpresa.

fico chateada de ver que as pessoas gostam de destruir, principalemnte quando o assunto é historia brasileira

Pelarau disse...

Olha enquanto aí chove...
Aqui faz calor!!!!
Belo blog

BRUNO disse...

Nossa belo texto amigo
e seu blog tem ótimo conteúdo
continue assim flwww

Chris disse...

chuva, chuva, chuva, até para roubar carlos drumond de andrade.

THAISA NEGRA LINDA DOCE 2010 disse...

Tres coisas que eu não ando sem:
CELULAR
BILHETE UNICO
GUARDA-CHUVA
Isso é ser paulistana...rs

Visita o meu blog
www.thaisanegralindadoce.blogspot.com
Bjs

KGeo disse...

aqui chove tão pouco mas sempre gosto da visão da chuva

ALIMAC disse...

Gente, que que tá havendo com São Pedro? Brigou com São Paulo?( trocadilho mongol ueeheuhe) Nossa, to sabendo de casos de verdadeiros DILUVIOS em SP. Queisso o.o

Aqui no Rio teve uns casos de chuvas intensas, que causaram mtos estragos tbm, inclusive mts ficaram sabendo do que houve em Angra.

www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

Daniel Silva disse...

é meu velho, vocês aí tão fodido! hehe chuva todo dia. onde isso vai parar?

abraço

Dú Esperanco disse...

adorei o seu blog!
tenho um blog na mesma linha, se quiser fazer uma parceria, só comentar lá avisando se aceita!
bom, todos os textos parecem muito bons, mas só li esse da pressa...
e sim, não vemos nada com ela, só o arrependimento depois!
abraços
equipe os sem castelo
blog perguntas ociosas
http://perguntasociosas.blogspot.com

30 e poucos anos. disse...

Ja percebeu que todo mundo está com a síndrome da falta de tempo???
Não tempo mais pra nada.

Crisneive Silveira disse...

Bem, o Ipod veio satisfazer a necessidade do homem de continuar só, egoísta. Também sou do tipo que tem pressa, mesmo que os outros pensem o contrário, mas mesmo assim não deixo de contemplar o que está a minha volta, até mesmo as pessoas... Pra você ver como é mais complicado do que parece fazer um homem ouvir outro.

Fagnão! xD disse...

PQP.... verdade man!! tá sem condições com essa chuva que tem tido ultimamente !! =/

http://popundergroundofgod.blogspot.com/ ouça a rádio!

Rogerio disse...

atualmente estamos fazendo tudo correndo e deixando de admirar as coisas ai redor...e a criminalidade estão em todas as cidades...ate...

Juh disse...

blog show. Parabéns.

http://cantinho-dajuh.blogspot.com/

digho disse...

Apreciei muito o relato.Identifiquei me com a trecho que fala sobre aproveitar a paisagem.Faço muito isso no caminho para o trabalho diariamente e isso me ajuda a ser menos estressado.Gostei muito das escolhas das imagens em outros Posts.Sucesso!


http://digho.blogspot.com/

Renan Leal disse...

somos o Coelho, de Alice no País das Maravilhas.

kbritovb disse...

somos o coelho foi bom ahahah
tb ri na parte do Drummond haaha

João Áquila Lima dos Santos disse...

essa do Drumont foi muito boa!

coisasdaflavita disse...

Simplesmente fantástico seu texto, com uma pitada de huumor na medida certa, tenho visitados vários blogs e analisando os conceitos diferentes de cada um, mas o seu tem o mais importante na minha opinião, conteúdo!
Sou carioca e ao ler do roubo dos óculos do "coitado do Drummond" não me aguentei...
Apesar de ser casos que acontecem, no dia a dia, vc traz a baila com com a sabedoria de um verdadeiro escritor... Ah, estou encantada mesmo, desculpe o excesso de elogios, ok?
Descobri seu blog na comunidade de blogs do orkut.
Passarei mais vezes por aqui...

Manoel Leonam disse...

Não me venham vc paulistas querendo roubar mais orgulho carioca. nós somos os mais assaltados e não se fala mais nisso!

Ana Gass disse...

O que fico pensando é o q fazem com os óculos de Drummond depois de roubá-los..
Sou carioca e ficava P da vida a cada noiticia de um novo roubo..
Não deve ser diferente com os paulistanos...falta de respeito com nossas cidades.

Batata disse...

É como diz uma tese na sociologia: "o homem urbano é único em sua espécie que ao invés de adaptar-se ao seu meio, adapta o meio a si...e consequentemente tem que si adaptar constantemente aquilo que adaptou."

Dual disse...

é realmente nem posntos turisticos.."decoração" da cidade o povo deixa passar..trabalhar ngm ker..mas roubar tão laa..

Ismael Assunção Costa disse...

Parabéns pelo blog ,mto bom!

http://protozooario.blogspot.com/